Buhler
IndústriaNotíciasPlástico

Adirplast celebra resultados positivos das empresas associadas

Adirplast anunciou um aumento expressivo no ano de 2023, em relação a 2022. Assim como destacam que os setores de o maior crescimento foram os de resinas commodities e plásticos de engenharia, registrando incrementos de 16% e 15,7%

No dia 23 de janeiro, a Adirplast (Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas e Afins) anunciou um crescimento de 13% de vendas totais dos associados, em relação ao ano de 2022. Isso quer dizer que, ao todo, as empresas associadas à entidade venderam um montante de 279.226 toneladas de plástico em 2023. Enquanto no ano de 2022, o total vendido acumulou 247.008 toneladas. 

Imagina com um símbolo de seta para cima. Atrás há um exemplo de emabalagens

Leia mais: 

Assim, esse valor leva em conta as vendas de todos os produtos com que essas empresas trabalham, ou seja, distribuição de filmes biorientados, plásticos de engenharia e resinas commodities. 

Diante disso, o presidente da Adirplast, Laercio Gonçalves, explica: “É claro que o resultado não reflete os mercados individualmente, mas mesmo assim nos aponta uma melhora do mercado”.

Desse modo, segundo a Adirplast, as resinas commodities tiveram um crescimento significativo. Pois em 2022, as vendas de resinas commodities (PEs, PP e PS) totalizaram 194.356 toneladas. Enquanto, no ano passado, 2023, aconteceu um aumento notável para 225.362 toneladas, representando um crescimento de 16%. 

Com isso, Gonçalves observa, que este resultado de 2023 foi gerado pelo impacto das médias de preços praticados no Brasil. “No primeiro trimestre, apesar da presença abundante de produtos no mercado nacional, o país se tornou um destino para o excesso de estoques provenientes da China e Estados Unidos. Isso resultou em uma inundação do mercado brasileiro através da importação de polietileno e polipropileno. Devido à falta de uma demanda robusta e ao excesso de oferta, os preços despencaram drasticamente”, explica. 

Desta maneira, o líder da organização ressalta especialmente o polietileno dos Estados Unidos, que experimentou uma diminuição de oito por cento no início do ano, atingindo seu ponto mais baixo em março com uma queda de preço de vinte e um por cento. 

Adirplast apresenta revela o crescimento expressivo no setor de plásticos

No que diz respeito à distribuição de plásticos de engenharia, também encerrou-se o ano de 2023 com um aumento considerável e positivo. 

Segundo a Adirplast, as vendas do ano anterior apresentaram um crescimento de 15,7% em comparação com as de 2022. Dessa forma, o volume total de vendas, que atingiu 19.563 toneladas em 2022, elevou-se para 22.635 toneladas em 2023.

Por outro lado, a comercialização de filmes biorientados registrou uma redução em comparação a 2022. Segundo Erasmo Fraccalvieri, da Tecnofilmes, o setor foi prevenido no final de 2022 sobre o desafio relacionado ao excesso de oferta de filmes no Brasil, decorrente da diminuição da demanda internacional.

Portando, Fraccalvieri explica: “Em 2023, a indústria nacional apresentou dificuldade de competitividade com os insumos internacionais. A atividade supermercadista aumentou, bem como as vendas de embalagens flexíveis. Em suma, o mercado cresceu. Porém, a distribuição perdeu share de mercado. Além das investidas dos fabricantes locais, a importação ficou acessível aos convertedores. Além disso, houve um problema de escoamento de BOPP nacional no período mais demandado sazonalmente”.

Conforme declarado pelo executivo, informações da COMEX revelaram que as importações de filmes de BOPET e BOPP aumentaram 21,8% em 2023 em relação a 2022. 

Desse modo, ele finaliza: “O mercado de filmes está se adequando à nova realidade. Os membros da Adirplast responderam muito bem a esta mudança de dinâmica de mercado. Uma queda, neste cenário, é um número muito mais positivo do que negativo”.

Desempenho e perspectivas de masterbatches e compostos

Quanto à incorporação de masterbatches e compostos desde junho de 2023, a Adirplast integra a seus volumes de vendas o segmento de masterbatches e compostos. Assim, fortalecendo ainda mais a presença da associação no setor plástico. 

Assim, durante o período entre junho e dezembro de 2023, as empresas associadas comercializaram um total de 701 toneladas de masterbatches e 1.139 toneladas de compostos. A partir de 2024, a entidade terá um ano completo para avaliar a participação de seus associados nos setores de masterbatches e compostos no país.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo