Bulher
COVID-19EmpresaNotíciasPlástico

A força da cooperação entre o mercado industrial

O projeto busca ajudar os profissionais de saúde com a criação de máscaras para proteção contra o novo coronavírus

Hoje, o projeto Empresas do Bem traz a Ciesp (Centro das Indústria do Estado de São Paulo) Jundiaí, buscando angariar e divulgar as ações do projeto.

O projeto tem por objetivo a criação de máscaras face shield utilizadas por profissionais da saúde no tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus que está em falta no mercado. Diversas empresas se juntaram para fazer acontecer, como Astra, Activas, Metagal, Abinfer, Ciesp Jundiaí, Abiplast, Basf, Braskem, Howden, Funorte, Mauá-Sul, BWB, Focus, PQS Plásticos, Plascomcor, Plástico Virtual, Rotary Jundiaí, Sindiplast, Adirplast, Whirlpool.

Marcelo Cereser, Diretor Titular da Ciesp Jundiaí explica que o projeto chegou até eles através de sua associada, a Astra e que resolveram ajudar. “Decidimos divulgar o projeto em nossos canais de comunicação. Estamos vivendo tempos difíceis e a nossa regional que representa 11 municípios (Cabreúva, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Várzea Paulista e Vinhedo), vem acompanhando e divulgando suas as ações para todos os associados.

Além do projeto Empresas do Bem, no site é possível encontrar o trabalho das escolas SESI-SP e SENAI-SP em prol da indústria e das pessoas. O SENAI-SP está fabricando com a ajuda de uma empresa associada ao CIESP, a Ipel/Lanxess, álcool em gel para doar às prefeituras, hospitais, entidades e comunidades.

Outra ação realizada é a produção de refeições pelas escolas do SESI-SP, e na região contam com 12.600 refeições produzidas por dia, visando atender escolas, igrejas, comunidades, associações de moradores e entidades.

Cereser ressalta que estão orgulhosos em participar deste projeto, ao lado de empresas que entendem que o impacto desta ação, pode trazer benefícios na vida dos profissionais que estão na linha de frente contra o COVID-19. “Existe um provérbio que ilustra bem a estratégia do projeto Empresas do Bem: ‘Quer ir rápido, vá sozinho, mas, se quer ir mais longe, vamos juntos’. A força da união e da cooperação entre as empresas em torno do bem comum é o faz com que este projeto seja bem-sucedido”, finaliza.

Hoje, dentro da Ciesp os colaboradores estão se revezando no dia a dia do trabalho, o atendimento ao público está tomando todas as ações de distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo