mc components muck maq
NotíciasPlástico

Moinhos de rolos são utilizados para manipular pigmentos em cosméticos

Tecnologia única no país é apresentada em feira; equipamento garante cores fidedignas ao projeto com baixo custo de produção, segundo empresa

A Gehaka desenvolveu em seu portfólio um moinho de rolos triplos, em aço inoxidável, responsável pela homogeneização de partículas de produtos cosméticos na consistência de cremes e pastas. A novidade está sendo apresentada na FCE Pharma, até dia 23, em São Paulo.

O MRG2020 auxilia na dispersão dos pigmentos e promove à abertura de cores, que são aplicados na produção de cosméticos como batons, base facial e creme facial com vitamina C, entre outros. Lançamento no mercado nacional, o equipamento era apenas adquirido por meio de exportação. “Seu custo costumava ser 40% mais elevado e o tempo de entrega era alto. Por essa razão, a utilização de moinhos de rolos triplo é pouco encontrada nos meios de produção. Realidade que, a partir dessa novidade, passa a ser modificada”, esclarece Oséias Ribeiro, coordenador de produtos da Gehaka.

Entre os benefícios do moinho MRG2020, estão a diminuição dos gastos, já que o processo de manipulação dos pigmentos será muito mais rápido, eficiente e simples. Problemas como a reprodução das tonalidades exatas solicitadas pelos clientes ficam solucionados com a tecnologia.

O Moinho pode ser utilização na indústria do plástico, já que ele pode conter, em seu processo, ingredientes em pós ou cristalizados. Os cilindros de aço inoxidável conferem ao equipamento alta durabilidade.

O ajuste do espaçamento entre os rolos é fácil e convenientemente feito através de dois knobs situados na parte lateral direita do moinho, com uma graduação entre 1 e 10 marcações que possibilita distanciar os cilindros entre si na escala de 10 a 100 mícrons.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link