Bulher
COVID-19EmbalagemEmpresaNotíciasPlástico

Empresa desenvolve projeto que auxilia o combate ao COVID-19

A Dow em parceria com outras empresas desenvolveu um projeto de doação de álcool em gel para a comunidade e para a área de saúde

O assunto mais discutido dos últimos meses, o novo coronavírus acarretou impactos para a economia global e brasileira, afetando todo o mercado. Pensando em como ajudar e amenizar os impactos, a Dow desenvolveu um projeto em parceria com sete empresas para combater a epidemia.

Sabine Rossi, Gerente de Desenvolvimento de Mercado da DOW no Brasil, conta que devido ao momento delicado com a pandemia do COVID-19, todos estão focados em soluções benéficas. “Para atender a este momento delicado, a Dow iniciou a produção de álcool em gel em diversas fábricas na América do Norte, Europa e América Latina, somando-se a fabricação já iniciada na unidade fabril de Stade, na Alemanha”.

No Brasil, a empresa uniu esforços com seus parceiros, funcionários e fornecedores, para auxiliar a população no combate do coronavírus. “Readequamos nossas linhas de produção de unidade de Hortolândia – SP para a fabricação de álcool em gel para doação a mais de 200 hospitais públicos e unidades de saúde do estado de São Paulo”, conta Rossi.

Rossi evidencia que o processo no Brasil, foram de duas semanas com reuniões entre diferentes áreas que forneceram as matérias-primas, pesquisas e desenvolvimento e negócio da Dow, buscando por soluções. “Na produção de álcool em gel, um dos grandes desafios foi chegar a uma embalagem que garantisse, além da segurança no transporte e manuseio, a armazenagem correta do produto”.

O objetivo do projeto é a produção e viabilização da doação de 25 toneladas de álcool em gel, para as cidades paulistas de Campinas, Guarujá, Hortolândia, Jacareí e Jundiaí. Parte da doação, será feita em parceria com o Governo do Estado de São Paulo “Acreditamos que cumprimos este objetivo, beneficiando mais de 200 unidades público de saúde”, diz Rossi.

A Dow em parceria com a Greif, adaptou bombonas plásticas, produzidas com PEAD, com capacidade para 10 litros, sempre seguindo os requerimentos, e atendendo as exigências do INMETRO. A escassez das matérias-primas necessárias para a formulação do álcool em gel, fez os times de Pesquisa & Desenvolvimento e Manufatura na unidade fabril de Jacareí – SP, se unirem para fabricar o espessante necessário, para doação.

Além da colaboração da Greif, com 3,4 mil embalagens, a empresa Campo Limpo forneceu todas as tampas para as embalagens, o Grupo Cesari forneceu o transporte do etanol para a fábrica de Hortolândia. “Conseguimos contar com a adesão de grandes parceiros neste projeta”, ressalta Rossi.

Já a Intertank, empresa especializada em tanques, emprestou para a Dow os contêineres metálicos para fracionar o etanol que ficará armazenado na fábrica de Hortolândia. A Dow também possui o apoio do Grupo Toniato com o transporte para os locais indicados pelas secretarias de Saúde das cidades que serão atendidas, assim como o apoio da empresa de logística EBMAC, com sede no Paraná, que se encarregou do transporte das embalagens para a fábrica. A Transbueno, do Grupo Bueno, localizada no interior de São Paulo, fará toda a retirada e entrega das tampas da embalagem.

A Dow também está desenvolvendo ações para apoiar as comunidades em que atua, com iniciativas como contribuições para organizações que prestam assistência social e á saúde nas comunidades vulneráveis, além de assistência a profissionais e prestadores de cuidados para as comunidades afetadas pelo novo coronavírus.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link