mc components muck maq
COVID-19EconomiaEmpresaNotíciasPlástico

[COVID-19]: Tempos difíceis ou custos mais justos?

Acompanhe a sequência da importância de valorizar a sua indústria e os custos dos seus produtos

Dando sequência aos conteúdos que estamos trazendo para o mercado digital, devido a pandemia do novo coronavírus. Hoje temos o artigo de Gilberto Baksa, fundador e idealizador da Pensei Nisso.

A Pensei Nisso é uma empresa voltada a ajudar no desenvolvimento de pessoas e de outras empresas. O artigo está divido em três partes, para que você possa acompanhar tudo na íntegra e detalhadamente.

A grande maioria das empresas transformadoras que visito não tem a visão de melhoria para seus processos produtivos, não enxergam a real necessidade de reduzir os custos de produção para manter ou melhorar suas margens de lucro, porque muitas vezes não tem tudo isto calculado, não possuem total domínio de suas operações ou não estão preocupadas com o impacto de operações nos custos finais de seus produtos e por final acabam engolindo um prejuízo que quase sempre é invisível. Em momentos como este que estamos vivendo atualmente muito dos nossos clientes são os responsáveis por determinar o preço de nossos produtos transformados.

Dessa forma, os transformadores acabam ficando nas mãos dos clientes e precisam realizar suas “mágicas” para trazer os preços dos seus produtos a níveis aos quais os clientes estão dispostos a pagar. É neste momento que muitos transformadores acabam cometendo grandes erros e tem início o processo que irão gerar grandes prejuízos.

Se o transformador conhecer muito bem os custos dos seus produtos ou tiver um sistema para cálculos eficiente e valorizar corretamente todas as etapas de seu processo, ele pode encontrar onde facilmente onde cortar custos para chegar ao valor determinado por seu cliente.

Mas, se ele desconhece esses custos, o que poderá fazer?

Para orientá-lo na caça aos cortes de custos, muitas pessoas dão dicas para que você possa elaborar o custo reverso de seus produtos. Se já é difícil avaliar custos de peças pelo processo de transformação, inverter essa cadeia pode ser ainda mais complexo, mas não desista: o importante é manter o foco e analisar onde podemos ganhar e o que podemos cortar em tudo isto.

Este artigo pretende ajudar você a organizar esse trabalho de avaliar os custos reversos, montando um passo a passo para dar sentido e orientar as etapas de análises determinadas na composição do seu custo com base em alguns dos 6 M´s da cadeia produtiva. Neste artigo vamos dar dicas de como otimizar 3 destes M´s.

E quais são os primeiros 3 M´s a avaliar?

  • Matéria Prima;
  • Máquina;
  • Meio ambiente fabril (que no caso é a infraestrutura da sua fábrica).

Se conhecermos os custos envolvidos em cada um desses “M´s”, poderemos saber o que reduzir para alcançar o sucesso nesta árdua tarefa: atender às necessidades dos clientes!

Agora que você conhece cada um desses “M´s”, vamos falar do que você pode analisar em custos de cada parte do seu processo produtivo e identificar possíveis pontos de redução.

Contamos um pouco sobre os primeiros 3 M’s, e como é possível identificar pontos dentro da sua empresa. Amanhã traremos mais informações sobre como você pode analisar em custos cada parte do processo produtivo da sua indústria.

Esta nota diária é uma ação do Portal Plástico Virtual em parceria  com as revistas Embanews e Ferramental, e a Feira Interplast. Nos unimos para vencermos juntos a atual situação, além de mantermos você atualizado com as principais informações a respeito do atual momento momento em que vivemos.
Para saber mais sobre o Projeto: Juntos para vencer a pandemia, assista ao vídeo.

Preencha o nosso formulário para receber mais novidades e conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link