Braskem
COVID-19EconomiaEmpresaNotíciasPlástico

[COVID-19]: Alternativas para o combate com produção de componente de medicamentos

Com a volta gradativa do mercado, empresas buscam por soluções para combater o novo coronavírus

Dando continuidade as atualizações diárias sobre o COVID-19 mercado apresenta volta gradativa e procura por alternativas para combater o coronavírus com testes e produção de componentes de medicamentos que podem ter impacto positivo para todos.

O Simplás (Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho) anunciou que voltou a operar suas atividades presenciais em 27 de abril de 2020, atendendo normalmente com todos os cuidados exigidos pela OMS.

As secretarias estaduais de Saúde confirmam em todos os estados brasileiros 67.446 casos do coronavírus. Já a moeda norte-americana, está sendo vendida a R$5,59. O Canadá começou a flexibilizar a quarentena e as medidas de isolamento, já que não registram novos contágios na última semana.

A UBE e a divisão de Negócios Farmacêuticos, com o objetivo de ajudar no combate contra o novo coronavírus, anunciaram será produzido e fornecido um dos ativos farmacêuticos usados na composição do Avigan (nome genérico do favipiravir), droga indicada para o tratamento da influenza, desenvolvida pela FujiFilm.

A expectativa, é que o Avigan tenha impacto positivo no tratamento do COVID-19, ajudando as pessoas infectadas. O governo japonês está acelerando os testes clínicos e aprovações do Avigan ao mesmo tempo em que apoia a criação de uma estrutura para a sua produção no Japão.

A UBE possui experiência na fabricação de ativos farmacêuticos para o mercado global, estando também cooperando com outras empresas da cadeia de fornecimento para criar formas emergenciais da produção do Avigan. “Esta ação está alinhada aos princípios da empresa que foi fundada com base no espírito de ‘coexistência e prosperidade mútua’”, explica Carlos Catarozzo, Diretor Geral da América Latina.

Jorge Henrique gerente industrial da Eurosonics, afirma que mesmo com a empresa funcionando, estão sentindo impactos do COVID-19 como prazos de pagamentos e queda na demanda. “Estamos em sistema home office, com revezamento na fábrica, e prevemos que as vendas e produções nos próximos meses não passe de 30% do normal”, destaca.

Esta nota diária é uma ação do Portal Plástico Virtual em parceria  com as revistas Embanews e Ferramental, e a Feira Interplast. Nos unimos para vencermos juntos a atual situação, além de mantermos você atualizado com as principais informações a respeito do atual momento momento em que vivemos.
Para saber mais sobre o Projeto: Juntos para vencer a pandemia, assista ao vídeo.

Preencha o nosso formulário para receber mais novidades e conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link