Blobweb
EconomiaNotícias

Previsão anual da Covestro se confirma após 1º trimestre

Disparidade nos números quando comparados com 2018 apontam situação econômica como principal fator de queda

A alta pressão competitiva influenciou os resultados do primeiro trimestre de 2019 da Covestro, que está listada no DAX, segundo dados divulgados pela empresa essa semana. “O primeiro trimestre manteve-se alinhado às nossas previsões e confirma nossas expectativas reduzidas para o ano completo”, explica o CEO Markus Steilemann.

Segundo relatório, os volumes principais tiveram leve queda de 1,8%, principalmente devido aos dados mais baixos em policarbonatos. O grupo ainda registrou queda de 16% nos preços de venda. Ainda segundo o documento, o EIDTA desse ano (-58,4%) é o oposto do apresentado em 2018, quando o grupo teve resultados positivos. “Por isso, agora é ainda mais importante definir o rumo correto para o nosso crescimento futuro, com investimentos e esforços para elevar a eficiência. Afinal, a demanda por nossos materiais inovadores e sustentáveis continua intacta”, completa Steilemann.

Como resultado, a receita líquida também caiu para 179 milhões de euros (-72,2%). Com 45 milhões de euros negativos, o fluxo de caixa operacional livre (FOCF) ficou abaixo do ano anterior (364 milhões de euros), devido à redução nos fluxos de caixa de atividades operacionais e à elevação dos investimentos.

Metas Fiscais para 2019

Segundo Thomas Toepfer, CFO da Covestro, os resultados tão diferentes mostram as diferenças econômicas entre os anos. “O trimestre do ano anterior foi influenciado por margens excepcionalmente altas em vários grupos de produtos. Por isso, em linha com nossas expectativas, nossos resultados ficaram abaixo dos do mesmo período do ano passado. Antecipando a continuidade do ambiente desafiador que influenciará os resultados ao longo do ano, estamos focando especialmente na eficiência da produção e dos processos e em investimentos direcionados”, completou.   

Iniciativas estratégicas mostram avanços

As iniciativas estratégicas para avançar na digitalização e na inovação trouxeram benefícios no primeiro trimestre. A nova plataforma comercial digital B2B Asellion foi lançada no fim de março, permitindo que os clientes da Covestro façam pedidos de produtos on-line e comprem 24h por dia com apenas alguns cliques.

 A companhia também uniu forças à empresa de biotecnologia sediada nos EUA Genomatica para pesquisar e desenvolver materiais de alto desempenho baseados em matérias-primas renováveis. O objetivo da cooperação é reduzir o uso de recursos de origem fóssil como petróleo bruto, usando matérias-primas sustentáveis no lugar.

Tag

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo