Super Finishing
DestaqueNotíciasSustentabilidade

Sustentabilidade: você pratica na sua empresa?

No dicionário a definição é simples: característica ou condição do que é sustentável. Mas será que é fácil aplicar isso no dia a dia?

Há alguns anos essa palavra ronda o nosso cotidiano, com menções em releases, apresentações e novos produtos do setor. A indústria plástica passa por uma transformação que tem um viés sustentável, mas o tema ainda é muito embrionário e gera dúvidas importantes no que diz respeito a ações práticas e visíveis dentro do chão de fábrica.

Só aqui no Portal, são centenas de matérias falando sobre sustentabilidade, mas será que você aplica o conceito em sua empresa?

Existem algumas iniciativas que podem ser inseridas na rotina, como redução dos pellets, destinação correta dos resíduos, reaproveitamento da água, mas tudo isso só faz sentido quando incluída de forma consistente na empresa.

Dentro do conceito de sustentabilidade atual está a capacidade de reduzir resíduos, conservar o meio ambiente e aumentar a produtividade, e o plástico, apesar de ser o mote de todo setor, é também o vilão da vez da sociedade moderna.

Feito para ser um bem durável, barato e de longa duração, a vilanização do plástico acontece pelos mesmos motivos que o fizeram ser criados, e esse é o grande desafio da indústria: educar, desmistificar e apontar o caminho para esse material essencial na vida de todos, em todos os segmentos.

Reciclar é o único caminho?

Qual a importância de pensar na sustentabilidade dentro da indústria? A reciclagem está mais ligada ao ato de pós-consumo, mesmo quando feita com os resíduos industriais. Mas será que ela é a forma ideal de transformar uma indústria plástica em sustentável?

Além da reciclagem dos resíduos, você já fez um levantamento de desperdícios que sua fábrica tem? Seja por uma máquina defasa ou com a manutenção a ser feita, ou seja, em um ou outro processo de produção, pensar na sustentabilidade chega bem antes do produto sair da fábrica.

Ações possíveis

O plástico na forma que vemos hoje está com os dias contados. Pelo baixo custo de produção e logística, visto a leveza do material, é necessário que a indústria encontre formas renováveis de produção, com produtos, embalagens e estratégias que pensem no meio ambiente ao longo prazo.

Seja com novas fontes de produção do plástico, como a cana de açúcar por exemplo, ou com a adequação do uso do material para embalagens, é necessário que se pense além das paredes das fábricas, em conjunto com os anseios da sociedade, que começa a enxergar a necessidade de pensar no pós-consumo, mesmo que de forma tímida e às vezes drásticas.

A indústria tem o papel fundamental de mudar o mindset, trazer à tona novas possibilidades, bem como liderar o novo caminho que o plástico tem que percorrer nos próximos anos.

É preciso colocar em práticas ações que tornem a empresa mais sustentável, bem como aumentar os esforços sobre a temática com a mesma dedicação que se tem ao gerir sua empresa.

É tempo de união de esforços, de troca de boas práticas, para que todos possam se beneficiar dessa nova onda global.  As iniciativas estão aí, estão aqui no Portal, e podem ser feitas sem muito esforços, sendo preciso apenas o primeiro passo.

E por acreditar que o exemplo guia, iniciamos as reportagens especiais mensais com o tema. As matérias sempre sairão às terças e quartas-feiras, com informações relevantes para o mercado.

Quer acompanhar de perto o assunto? Preencha o formulário abaixo e fique por dentro! Acompanhe a série de matéria que publicaremos ao longo do mês.   

Boa leitura!

Tag

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo