Casa / Notícias / Produção rentável de componentes decorativos leves

Produção rentável de componentes decorativos leves

Superfície de alta qualidade graças ao controle dinâmico de temperatura

A Covestro apoia a tendência da indústria automotiva em direção aos componentes leves com superfícies customizáveis Classe A, que possam ser fabricados economicamente em uma única etapa.
Eles foram fabricados em um molde por injeção com controle dinâmico de temperatura, por meio de uma moldagem física com espuma, a partir da grade (PC/ABS) Bayblend® com superfície otimizada para o uso em interiores automotivos.
Os visitantes podem ver a peça sendo fabricada por meio do método ProFoam® no estande da especialista em máquinas de moldagem por injeção Arburg (Estande A13, Hall 13). Neste caso, a empresa selecionou Makrolon® SF800Z, um policarbonato reforçado com fibra de vidro da Covestro, desenvolvido para moldagem física com espuma. Já está em uso atualmente para caixas de impressoras e outras aplicações não automotivas. Está listado na UL94 para antichamas.

Componentes ainda mais leves

“Além da estratégia leve da moldagem física com espuma, que reduz a densidade e assim o peso do componente, nós também aproveitamos deliberadamente a oportunidade de fazer modificações de design relacionadas ao processo”, disse Rainer Protte, Chefe de Processos de Moldagem Especial por Injeção da Unidade de Negócios de Policarbonatos da Covestro. “Aumentar a concentração de nitrogênio no material reduz a viscosidade da fundição e melhora o fluxo”, completou.
Isto permite que a espessura da parede de moldagem seja reduzida sem exceder a pressão de injeção permitida. A combinação dos dois efeitos – diminuir a densidade e a espessura da parede – permitiu que o peso do protótipo fosse reduzido em aproximadamente 30%. O policarbonato e suas misturas apresentam boas propriedades mecânicas, o que significa que esta classe de materiais também é adequada para componentes sujeitos a alto estresse mecânico.
Graças às condições do processo e do material, Superfícies Premium com alto brilho e áreas texturizadas podem ser alcançadas mesmo com moldagem física com espuma. Uma etapa adicional de cobertura é desnecessária.

“Superfície lisa como um espelho”

Isto foi possível devido ao controle dinâmico de temperatura, onde a água superaquecida é utilizada para aquecer a superfície da cavidade do molde para a temperatura de transição vítrea ou superior antes da injeção. Uma vez que a massa fundida for injetada, permite-se o resfriamento até a temperatura de desmoldagem. A alta temperatura de moldagem faz a superfície da peça moldada virtualmente “lisa como um espelho”. As estruturas também podem ser processadas de maneira muito eficiente utilizando este método.
O processo ProFoam®, em operação na exposição comercial, é um método de moldagem física por espuma desenvolvido pela Arburg, baseado em Lossburg, na Alemanha. Durante o processo de plastificação, o agente de expansão se dissolve na massa fundida e não é liberado novamente até que a pressão aumente durante a injeção, quando ele é então emitido na forma de “bolhas” microcelulares que “congelam” durante a solidificação da fundição. Plásticos reforçados com fibra também podem ser processados a partir deste método, sem qualquer cisalhamento adicional.

Além da Arburg, a Covestro trabalhou neste projeto com a gwk Gesellschaft Wärme Kältetechnik em Meinerzhagen (processo de controle de temperatura), a fabricante de moldes baseada em Hiddenhausen Krallmann, e a J. & F. Krüth em Solingen, que é especialista em texturização de moldagem, onde o foco neste caso é a texturização a laser 3D.
=====================================

Além disso, verifique

Termotécnica está entre as 45 melhores empresas para se iniciar uma carreira no Brasil

Indústria está há três anos entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil …