Blob Web
Notícias

Pesquisadores brasileiros criam bloco de concreto com resíduos plásticos

A ideia de incluir resíduos plásticos nas vias e rodovias já existe, mas agora o calçamento também é alvo de projetos para reduzir custos e aplicar resíduos, que seriam destinados para os aterros sanitários.

Por isso pesquisadores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), em Dourados, fizeram um projeto que utiliza o resíduo na produção de blocos de concreto para calçamento. Projeto foi reconhecido nacionalmente e premiado entre os vencedores da 9ª Edição do Prêmio Odebrecth para o Desenvolvimento Sustentável.

O projeto começou a ser desenvolvido há três anos com uso garrafas pet em substituição a areia e brita na fabricação dos blocos de concreto. Os testes deram certo e, por isso, a indústria de embalagens local convidou a equipe para explicar a necessidade de dar encaminhamento aos resíduos plásticos de sua produção.

Foi assim que surgiu a ideia de utilizar os resíduos plásticos no concreto. A pesquisarem, constataram que o plástico misturado nos blocos melhora a resistência e durabilidade das calçadas.

Os pesquisadores reforçaram que o projeto é desenvolvido a fim de pesquisa, mas não é comercializado.

Tag

Artigos relacionados