Casa / Notícias / Finalistas do Fi Innovation Awards representam a tecnologia na indústria alimentícia

Finalistas do Fi Innovation Awards representam a tecnologia na indústria alimentícia

Dos 25 competidores para as quatro categorias, apenas 12 foram escolhidos como finalistas do prêmio FI Innovation Awards. Os vencedores serão divulgados no dia 23 de agosto, às 20h, no primeiro dia da Food ingredients South America (FiSA), no Transamérica Expo Center, em São Paulo

 

As empresas finalistas da edição 2016 do Fi Innovation Awards, a principal premiação nacional da indústria de ingredientes alimentícios e produtos alimentícios, foram definidos ontem em evento no Hotel Intercontinental, em São Paulo. Das 25 competidoras, as doze mais bem avaliadas concorrem nas categorias Produto Final Mais Inovador, Produto Final Funcional Mais Inovador, Ingrediente Alimentício Mais Inovador e Ingrediente Funcional Mais Inovador. As vencedoras serão conhecidas em premiação no dia 23 de agosto, às 20h, no primeiro dia da Food ingredients South America (FiSA), no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

Na categoria Produto Final Funcional Mais Inovador, as competidoras são Sanavita, RTK e Capsugel, que apresentaram o pó para o preparo de bebida para dietas com ingestão controlada de açúcares, à base de beterraba; o óleo de pequi em cápsulas; e o suplemento feito com óleo de Krill, respectivamente.  Os melhores avaliados como Produto Final Mais Inovador são o frango temperado resfriado da JBS; o queijo azul com nozes e damasco, mais palatável para brasileiros, da Laticínios Cruziliense; e as mostardas cervejeiras à base dos ingredientes naturais da cerveja da Brewer Chef Co.

Já nas categorias de ingredientes, os funcionais mais inovadores foram o OPTISHARP™, zeaxantina obtida de fonte natural da DSM, e o Complemento Nutricional Funcional (CNF), fonte de proteína vegetal da planta ora-pro-nobis, da Proteios. A Ingredion foi classificada em ambas, com o funcional VERSAFIBETM 2480, amido resistente modificado com fibra insolúvel obtida pela modificação de amido de milho com alto teor de amilose, e o alimentício VITESSENCE™ Pulse que oferece farinhas proteicas de diferentes leguminosas. A Cargill está concorrendo com o alimentício Lévia+e, desenvolvido para satisfazer uma demanda crescente do mercado por produtos mais saudáveis. A IFF também está no páreo, com o aromatizante CocoaExtender.

Participaram do comitê técnico profissionais da indústria alimentícia, entidades de classe, como Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos (sbCTA), Bureau Soluções e Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (ABIR), e a professora Glaucia Pastore, da Universidade Estadual de Campinas. Os especialistas avaliaram técnica, benefícios nutricionais e funcionais, embalagem, processo produtivo, impacto econômico e sustentabilidade.

A 20ª edição da FISA será realizada de 23 a 25 de agosto no Transamérica Expo Center, em São Paulo. São esperados mais de 10.500 visitantes, que poderão conferir as novidades de 700 marcas expositoras de 42 países.

Além disso, verifique

Impressoras 3D reduzem custos de empresas

Apesar de ser benefício, preço dos equipamentos é entrave, pois podem chegar até 7 milhões …