Casa / Notícias / Evento “Inovação em Lácteos: Oportunidades e Desafios” é realizado pelo ITAL

Evento “Inovação em Lácteos: Oportunidades e Desafios” é realizado pelo ITAL

Lançamento da versão impressa do Brasil Dairy Trends 2020 ocorre na data

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, realiza o evento “Inovação em Lácteos: Oportunidades e Desafios” no dia 29 de novembro, na sede do Instituto na cidade de Campinas (SP).

Dividido em duas etapas, no período da manhã, será realizado um painel com debate entre as lideranças do setor de lácteos, presidido por Luis Madi, Diretor Geral do ITAL. Deste debate participarão pesquisadores, professores, representantes de Associações como a ABL (Associação Brasileira de Leite Longa Vida), ABIS (Associação Brasileite das Indústrias de Sorvetes), SindLeite (Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados do Estado de São Paulo) e empresas do segmento.

Em seguida, o evento conta com o lançamento da versão impressa do documento “Brasil Dairy Trends 2020”. Durante o período da tarde haverá palestras com os autores do documento, que abordarão temas que estão inseridos nas Plataformas de Inovação definidas.

O Brasil Trends 2020 tem como parte o “Brasil Dairy Trends 2020”. O primeiro conta com estudos publicados com os temas alimentos em geral, embalagens, panificação, chocolates, balas e confeitos e bebidas não alcoólicas, que tem sido disponibilizada pelo ITAL desde 2010. A série tem como objetivo geral disseminar informações estratégicas de forma pública e gratuita, a fim de gerar benefícios para milhares de empresas. Estas publicações também têm como metas principais auxiliar no processo de inovação, assim como fornecer para a sociedade brasileira produtos alimentícios que tenham qualidade, ao agregar valores que dão permissão para que o consumidor construa uma relação estreita ao identificar e confiar no setor.

Participaram do desenvolvimento do documento, além dos editores, os autores Raul Amaral Rego, Patrícia Blumer Zacarchenco e Ariene G. F. Van Dender, 20 pesquisadores do ITAL e de outras instituições e universidades como a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a USP (Universidade de São Paulo), a IFRJ (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná), o IFPR (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná), a UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), a Universidade Federal de Viçosa e Embrapa Gado de Leite (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) – a participação de todos esses especialistas garantiu uma análise ampla, com total diversidade e abrangência do assunto tratado.

O Brasil Dairy Trends 2020

O documento abrange informações sobre produtos lácteos que tenham probióticos, prebióticos e fibras, produtos com teores reduzidos de gordura, sódio e açúcar, que tenham baixo teor de lactose, alto teor de proteína e cálcio, além de conter peptídeos bioativos. Ainda constam no documento temas como levantamento histórico da produção de lácteos no Brasil e desenvolvimento de embalagens diferenciadas, dentre outros. As macrotendências observadas em avaliações dos setores técnico e mercadológico do segmento, tanto no Brasil quanto no mundo, foi o principal motivo para que a organização das tendências e das plataformas de inovação fossem identificadas.

Sobre o ITAL

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) foi fundado em 1963, está situado em Campinas (SP), e faz parte da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. O ITAL tem a função de promover atividades de pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica, inovação e difusão de conhecimento nas áreas de embalagem e processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas. O Instituto conta com sete unidades técnicas especializadas em produtos cárneos, de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças, engenharia de processos industriais e embalagens; 15 plantas-piloto especializadas em processamento de alimentos e bebidas e de avaliação do desempenho de embalagens; e 35 laboratórios de análise e ensaios. Além disso, o ITAL conta com uma Plataforma de Inovação Tecnológica, que é especializada em estudos de tendências de mercado e de prospecção de oportunidades e demandas de inovação. O Instituto tem certificado na norma NBR ISO 9001 e ensaios acreditados na norma ISO/IEC 17025 pela CGCRE/INMETRO. Para mais informações sobre o Instituto, visite o site http://www.ital.sp.gov.br.

Além disso, verifique

Braskem desenvolve embalagem que detecta alimento impróprio para consumo

Quando passa do ponto, caixa muda de cor para sinalizar Ao analisar o mercado, a …