Bulher
NotíciasPerguntas

Qual a função do troca-telas no processo de extrusão?

O Troca-Telas é um periférico de extrusão utilizado para filtrar o material fundido e eliminar as impurezas, é aplicado principalmente nos processos de extrusão e existem diversos modelos que se adaptam às necessidades de cada processo.

Normalmente é instalado logo após a extrusora, com a utilização de adaptadores. Sua principal função é filtrar, a tela deve ser trocada sempre que estiver suja, a fim de evitar o bloqueio na passagem do material fundido.

Os troca-telas, de maneira geral, tem 2 posições, isto é, duas cavidades onde é instalado as telas necessárias para o processo, podendo alternar as posições quando a tela está ficando suja e começando a bloquear o fluxo de material.

Esse fenômeno pode ser detectado quando a pressão antes do troca-telas começa a aumentar, nesse caso, também é recomendado instalar um sensor de pressão. Após realizar a troca é preciso limpar a cavidade externa e colocar uma tela nova.

A peça pode ser encontrada em três tipos, o troca-telas manual, onde o processo de troca de tela é feito manualmente pelo operário.

O troca-telas hidráulico, que funciona de modo onde o processo produtivo faz parte do escopo de fornecimento, uma unidade hidráulica que realiza a troca de telas após o operário pressionar um botão.

No troca-telas contínuo, a operação de trocar as telas durante o processo produtivo também é feita hidraulicamente, mas com uma tecnologia diferenciada. Tanto no Troca-Telas Manual como no Troca-Telas Hidráulico, durante a troca, existe um bloqueio total do fluxo de material por um pequeno tempo. Já no Troca-Telas Contínuo, essa interrupção de fluxo não acontece devido à geometria interna do equipamento.

https://d335luupugsy2.cloudfront.net/js/rdstation-forms/stable/rdstation-forms.min.js new RDStationForms(‘falar-com-especialista-6d1c8af515f0a363e2c6’, ‘UA-181046827-1’).createForm();

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo