Casa / Notícias / Marca cria prancha feita de 756 garrafas de plástico

Marca cria prancha feita de 756 garrafas de plástico

Surfista recebeu da Guaraná Antarctica prancha sustentável que é uma inovação

A Guaraná Antarctica, marca brasileira parceira do surf, inovou e lançou a Prancha PET, uma prancha feita com reciclagem de garrafas pet durante o restante da temporada da Liga Mundial de Surfe (WSL), que foi entregue ao surfista Gabriel Medina, em Maresias, litoral de São Paulo. A prancha foi feita com 756 garrafas de plástico e entregue ao campeão mundial de 2014, no Instituto Gabriel Medina, em Maresias, litoral de São Paulo.

Esta novidade fez com que a marca reafirmasse seu compromisso com o meio ambiente e anunciasse uma nova meta sustentável: garantir, até 2025, o recolhimento ou a reutilização do equivalente a 100% das garrafas PET comercializadas para a produção de novas garrafas.

A criação aliou o surf e a inovação, plataformas importantes da marca. Produzida em parceria com Neco Carbone, famoso shaper do litoral paulista que há mais de 40 anos se dedica à arte do shape e atrai atenção de surfistas de todo o mundo, a Prancha Pet foi feita com 756 garrafas pet, que representa 80% de sua composição. A novidade possui estabilidade e flutuação semelhantes às pranchas convencionais e foi um presente da marca para o campeão mundial.

“Guaraná Antarctica é uma marca que convida os consumidores a aproveitarem os bons momentos da vida e o surf está diretamente conectado a esse conceito. A Prancha PET é inovadora e reforça a natureza da marca”, afirma Fernando Soares, vice-presidente de marketing de Guaraná Antarctica.

A marca também lançou uma parceria com outro grande incentivador do surf, a Rip Curl, que produziu uma coleção exclusiva de camisetas produzidas com fibra de garrafas PET. As camisetas sustentáveis levam em sua composição 50% de algodão e 50% de poliéster de garrafa PET, e poderão ser compradas pelo site da Rip Curl.

Além disso, verifique

Braskem desenvolve embalagem que detecta alimento impróprio para consumo

Quando passa do ponto, caixa muda de cor para sinalizar Ao analisar o mercado, a …