Banner Diamante Plástico 10 anos
EmbalagemMulheres do PlásticoNotíciasPlásticoPlástico pelo mundoSustentabilidade

Vaso decorativo de plástico reciclado, computadores Positivo com plástico biocompostável e prêmio para sandália de plástico vegana

Plástico pelo mundo: Fique por dentro das principais notícias e curiosidades do plástico pelo mundo. A RotoArte Vasos Decorativos inovou no setor de decoração ao adotar a técnica de rotomoldagem para transformar resíduos plásticos reciclados em artigos decorativos sustentáveis. A Positivo Tecnologia introduz o uso de bioplástico proveniente da fermentação da cana-de-açúcar nas embalagens de seus modelos de computadores. A brasileira Isabela Chusid, criadora da Linus, a primeira sandália de plástico vegana nacional, ficou em segundo lugar na categoria América Latina e Caribe do Cartier Women's Initiative Awards

Vaso decorativo de plástico reciclado, computadores Positivo com plástico biocompostável e prêmio para sandália de plástico vegana

Casal empreendedor cria vasos de plástico reciclado 

Vasos da cor azul, verde e marrom feitos de plástico reciclado.

A empresa RotoArte Vasos Decorativos, focada em redefinir decoração através da sustentabilidade, já reciclou aproximadamente 50 toneladas de plástico, transformando-os em artigos decorativos. Fundada por Luiz Antônio Silva em 2018, a empresa tem como base para suas produções a inovação, beleza e compromisso sustentável. 

Nesse sentido, a empresa surgiu diante da habilidade empreendedora de Rosangela Aparecida da Silva, sua esposa e tecedeira de palha de milho por tradição familiar. A partir de então, novas demandas exigiram inovação, assim a RotoArte adotou a prática de transformar resíduos plásticos. 

Com o intuito de criar vasos únicos e sustentáveis, a empresa passou a usar a técnica de rotomoldagem para criar produtos recicláveis duráveis. Sobre a prática, Antônio explica: “Investimos em maquinário que nos permite reaproveitar todo o resíduo plástico. Nada é descartado. Os defeitos são micronizados e voltam ao processo de produção, garantindo um ciclo de produção sustentável.”

Ainda, ele ressalta: “Nossa produção é focada em qualidade e sustentabilidade. Acreditamos que é possível criar produtos bonitos e duráveis, utilizando matérias-primas recicláveis e técnicas que minimizem o impacto ambiental.”

No momento, a RotoArte atua com três máquinas de rotomoldagem e cerca de 250 moldes diferentes, desse modo, eles conseguem produzir em média 150 vasos por hora com as três máquinas operando. De acordo com o empreendedor, a empresa permanece investindo em novos modelos e em tecnologias. 

Positivo e VAIO inserem bioplástico em suas produções

Sacola da marca Positivo feita de plástico de planta

A partir de agora, os modelos de computadores da linha Positivo, Positivo DUO, VAIO FE14 e VAIO FE15, assim como os que serão lançados este ano, contarão com envelopamento de bioplástico proveniente da fermentação da cana-de-açúcar. 

Nesse sentido, o material trata-se de um saco plástico biocompostável com material da ERT e produzido pela Label Packing, um fabricante de embalagens industriais e de varejo de Manaus, Amazonas. 

Sobre a adoção deste material, Graciete Lima, responsável pelo Programa de Corporate Venture Capital da Positivo Tecnologia, explica: “A substituição das embalagens de plástico comum pelo plástico biocompostável da ERT é o primeiro passo de um projeto para tornar os equipamentos produzidos pela Positivo Tecnologia cada vez mais sustentáveis. Além de alinhados às melhores práticas e tecnologias disponíveis no mercado. Estamos avançando nas pesquisas de aplicação da resina produzida pela ERT e estamos animados com os resultados”. 

A fabricação dos notebooks Positivo e VAIO embalados com o bioplástico da ERT acontece em Ilhéus na Bahia e em Manaus. Além disso, Lima afirma que a marca visa trocar os calços em EPS para uma solução mais sustentável

Criadora da sandália de plástico vegana ganha premiação por empreendimento 

Isabela Chusid premiada por lançar a primeira sandália de plástico vegana. Ela é branca, usa óculos marrom claro, veste uma blusa branca. A sandália em sua mão é da cor marrom.

A brasileira Isabela Chusid, criadora da Linus, primeira sandália de plástico vegana nacional, ficou em segundo lugar no na categoria América Latina e Caribe do Cartier Women’s Initiative Awards. A cerimônia de premiação aconteceu nesta semana, em Shenzhen, na China. 

Diante disso, a empreendedora afirma: “Estou honrada por receber esse prêmio e representar uma parte das empreendedoras brasileiras, além de toda a comunidade Linus que faz parte desse prestígio. Tenho certeza de que esse reconhecimento vai acelerar o nosso momento atual de expansão internacional e nos ajudar a nos tornarmos referência no mercado global de lifestyle sustentável”.

Em 2006 nasceu o Cartier Women’s Initiative Awards, programa global da maison francesa, que seleciona e premia mulheres empreendedoras, de diferentes países e setores. A iniciativa busca destacar ações de mulheres empreendedoras que atuam em negócios focados em gerar impacto positivo. 

Com isso, visam gerar impacto positivo em pelo menos um dos três pontos da sustentabilidade, isto é, social, ambiental e econômico. 

Os prêmios regionais foram disputados nas categorias África Anglófona e Lusófona, Ásia Oriental, Europa, África Subsaariana, Francófona, Oriente Médio e Norte da África, América do Norte, América Latina e Caribe, Oceania e Ásia do Sul e Ásia Central.

Portanto, em primeiro lugar ficou a peruana Marlene Molero Suàrez, fundadora da Elsa by Gender Lab, que ajuda empresas a prevenir o assédio sexual no ambiente de trabalho. Enquanto na terceira posição está a colombiana Mercedes Bidart, criadora da Quipu, plataforma que facilita o acesso de microempresas ao crédito.


.Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo