Bulher
NotíciasPlástico

Quais são os plásticos mais resistentes ao impacto?

Conheça as características e propriedades mecânicas do ABS e do PBT

Para o processo de produção, a indústria busca materiais mais resistentes a forças externas. Por isso, os polímeros policarbonato, ABS e PBT são os plásticos mais resistentes ao impacto. 

Logo, esses plásticos possuem alta demanda industrial.

Leia também:

Ou seja, a resistência ao impacto é uma das propriedades essenciais para garantir a qualidade do produto final.

Nesse sentido, os plásticos mais resistentes ao impacto ganham destaque em toda cadeia produtiva de diversos setores.

Por exemplo, indústria automobilística, extrusão, eletrodomésticos e na indústria de um modo geral.

Na automobilística é muito utilizado nos painéis, assentos, carcaças dos retrovisores, interruptores e outros componentes internos e externos.

Assim como, nas coberturas de tratores, filmes, laminados e acabamentos de frigoríficos por meio da extrusão.

Já nos eletrodomésticos, o uso se destina a carcaças de TV, aparelhos para a cozinha e painéis de controle.

Por fim, esses materiais de alta resistência se aplicam na indústria de um modo geral.

Como na fabricação de telefones, brinquedos, capacetes de segurança e outras séries de itens do dia a dia.

As propriedades do policarbonato

A princípio, o policarbonato é um termoplástico de polímero e partículas de carbonato.

Com isso, ele é capaz de ser 30 vezes mais resistente que o acrílico e apresenta resistência 200 vezes maior que o vidro.

Além disso, é resistente a choques e muito flexível. 

Assim, algumas propriedades desse plástico resistente a impactos, são:

  • Resistência térmica entre -50°C e +135°C;
  • Não inflável;
  • Impede a passagem de radiações UV;
  • Resistente à eletricidade;

Portanto, essa grande flexibilidade proporciona ao policarbonato, aplicação em diferentes projetos de arquitetura, desde jardins até coberturas de garagens.

As características do ABS e a utilização industrial do PBT

Inicialmente, o polímero ABS é um plástico resistente ao impacto por ter propriedades que garantem uma resistência mecânica, térmica e elétrica.

Sob esse ponto de vista, o ABS é resistente a diversos tipos de ácidos, exceto os ácidos nítrico concentrado e sulfúrico.

Apesar disso, mesmo apresentando pouca resistência a intempéries, se aplica em:

  • Brinquedos;
  • Assentos;
  • Aparelhos – telefônicos e aparelhos de cozinha;
  • Painéis de controle de linha branca;

Já o PBT integra os polímeros de poliéster, sendo um dos mais importantes materiais da indústria de plásticos.

Sobretudo, esse termoplástico é derivado a partir de uma reação entre o dimetil tereftalato e o butanodiol.

Conforme, sua alta resistência a químicos, é bastante utilizado na indústria de alimentos e automobilística, porque não reage no contato com cloro, gasolina, óleos e gorduras.

Além disso, ele não se deforma facilmente em altas temperaturas.

Logo, esse plástico resistente a impactos é muito utilizado em peças de veículos, como limpadores de parabrisas, caixas de retrovisores, tomadas e interruptores.

Contudo, os polímeros apresentam características que combinam a dureza, durabilidade e resistência a temperaturas externas, a deformidade e a eletricidade.

Assim, tornando-os mais versáteis para diversas aplicações na indústria.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Botão Voltar ao topo