Banner Diamante Plástico 10 anos
NotíciasPlástico

Estudo descobre resíduos plástico que geram energia limpa

O plástico é um material versátil e por isso amplamente utilizado em diversos setores. Logo, é possível concluir que ele possui diversas virtudes, desde a sua composição, até sua decomposição. 

Diante desse fato, cientistas chegaram à conclusão que os resíduos plásticos podem ser uma alternativa para a geração de energia limpa. 

Os investigadores James Tour e Kevin Wyss, do Departamento de Ciência de Materiais e Nanoengenharia da Universidade Rice, nos EUA, extraíram gás hidrogênio limpo e alta eficiência, e grafeno de alta qualidade de plástico, incluindo os plásticos mistos. 

Leia mais: 

O resultado desse processo é uma saída para minimizar os impactos ambientais causados pela emissão de gases poluentes, como é o caso do dióxido de carbono. 

O método da utilização do plástico no processo 

O procedimento realizado pelos pesquisadores foi o aquecimento de algumas amostras de resíduos plásticos por meio do efeito Joule. 

Este efeito acontece quando a eletricidade passa por um fio e ele fica quente. Isso acontece porque a corrente elétrica faz as partículas dentro do fio se moverem e, ao se moverem, elas esbarram umas nas outras, criando atrito e calor.

O aquecimento durou quatro segundos, que elevou a temperatura do plástico a 3.100 graus Kelvin. De maneira que vaporiza o hidrogênio presente nos plásticos. 

De acordo com um o principal autor do estudo, “Se o grafeno produzido for vendido por apenas 5% do valor de mercado atual, uma redução de 95%, o hidrogênio limpo poderia ser produzido gratuitamente”.

Esse estudo poderá permitir uma produção de hidrogênio limpa, uma vez que não emite dióxido de carbono.

Portanto, os resíduos plásticos podem cooperar para a resolução de problemas ambientais e econômicos. 

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo