Casa / Notícias / Você sabe quais foram as invenções da Indústria 1.0?

Você sabe quais foram as invenções da Indústria 1.0?

Desenvolvimento das criações trouxe a mecanização para os processos

A industrialização dos processos produtivos surgiu a partir da Primeira Revolução Industrial e, com isso, a mecanização se estendeu do setor têxtil para o metalúrgico, transportes, agricultura e para outros setores da economia. Diversos inventos revolucionaram as técnicas de produção e alteraram o sistema de poder econômico.

A maior fonte de renda e riqueza foi deslocada da atividade comercial para a industrial. Quem desenvolvesse a capacidade de produzir mercadorias passaria a ter a liderança econômica no mundo, e foi o que aconteceu com a Inglaterra, o primeiro país que se industrializou a partir das invenções da Indústria 1.0.

Foram três máquinas de produção que surgiram para contribuir com os processos das fábricas:

  • Máquina de fiar

Esta máquina transforma em fios as fibras têxteis de algodão, seda e lã, para a fabricação de tecidos. Essa invenção revolucionou a técnica de produção e transformou a Inglaterra na maior produtora de fios para tecidos – a invenção substituiu a roca, um dos mais simples e antigos instrumentos de fiar.

  • Tear mecânico

Este inventou surgiu em 1785, com o objetivo de substituir o tear manual, e que, consequentemente aumentou de maneira considerável a produção de tecidos, colocou a liderança mundial da época.

  • Máquina a vapor

Essa foi a descoberta mais revolucionária na indústria 1.0 – ela foi usada na indústria de tecido, usinas de carvão mineral, industrialização de ferros, embarcações (navios a vapor), estradas de ferro (locomotiva a vapor), entre outras e representou uma revolução no transporte de passageiros e cargas.

Todas as invenções de máquinas, aproveitamento da energia calorífica do carvão mineral e sua transformação em energia mecânica para fazer funcionar os mecanismos representaram um avanço considerável nas técnicas aplicadas para a fabricação de mercadorias e, por consequência, no aumento da produção. Dessa forma, a Inglaterra passou da manufatura para a maquinofatura – produzia e vendia seus produtos em todo o mundo, também devido a expansão do sistema colonial.

Todas as invenções da indústria 1.0 criaram o caminho para o desenvolvimento mais específico e diferenciado, direcionando para outra revolução industrial – a indústria 2.0. Acompanhe nosso portal, fique por dentro de tudo!

Preencha o formulário abaixo e cadastre-se para receber conteúdo segmentado do maior portal da América Latina!

Além disso, verifique

Veja outros lançamentos da Interplast e EuroMold 2018

De 14 a 17 de agosto, expositores levarão novidades para os visitantes A edição de …