Casa / Notícias / Venda de Participação no Bloco Exploratório BM-S-8

Venda de Participação no Bloco Exploratório BM-S-8

A Petrobras informa que seu Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada nesta quinta-feira (28/7), a venda de sua participação no bloco exploratório BM-S-8 para a Statoil Brasil Óleo e Gás LTDA.

Esta transação é fruto de um processo competitivo e representa um avanço material na parceria estratégica entre as duas empresas que já possuem Acordos de Cooperação com foco em desenvolvimento tecnológico na área de E&P offshore.

A operação faz parte da política de gestão de portfólio da Petrobras que prioriza investimentos em ativos com maior potencial de geração de caixa no curto prazo e com maior possibilidade de otimização de capital e de ganhos de escala, devido à padronização de projetos de desenvolvimento da produção. A Petrobras tem obtido vantagens competitivas relevantes no desenvolvimento do pré-sal brasileiro com a aplicação extensiva de projetos semelhantes e equipamentos padronizados.

O preço base negociado para a participação no BM-S-8 é de US$ 2,5 bilhões. A primeira parcela, correspondente a 50% do valor total (US$ 1,25 bilhão), será paga no fechamento da operação. O restante do valor será pago através de parcelas contingentes relacionadas a eventos subsequentes como, por exemplo, a celebração do Acordo de Individualização da Produção (unitização).

O BM-S-8 está localizado na Bacia de Santos e é atualmente operado pela Petrobras (66%) em parceria com a Petrogal Brasil S.A. (14%), Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A (10%) e Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás LTDA (10%). Neste bloco ocorreu uma descoberta no prospecto exploratório denominado Carcará.

Adicionalmente, a Petrobras e a Statoil estão negociando um Memorando de Entendimento, onde outras iniciativas de cooperação estratégica serão avaliadas com o objetivo de uma atuação de longo prazo.

A operação abre oportunidades para que parcerias com outras empresas, com forte expertise e condições de investimento, contribuam para o fortalecimento da indústria de óleo & gás no Brasil.

A transação é parte importante do Plano de Parcerias e Desinvestimentos 2015-2016 da Petrobras e sua conclusão está sujeita a determinadas condições precedentes usuais, incluindo o direito de preferência por parte dos demais parceiros no BM-S-8 e a aprovação pelos órgãos competentes.

 

Fonte: Petrobras

Além disso, verifique

Impressoras 3D reduzem custos de empresas

Apesar de ser benefício, preço dos equipamentos é entrave, pois podem chegar até 7 milhões …