Casa / Notícias / Uso de plástico reduz consumo de água no Agronegócio

Uso de plástico reduz consumo de água no Agronegócio

Soluções plásticas conseguem reduzir o impacto ambiental do Agronegócio, ao reduz até 70% o consumo de água nas culturas

 

O uso de soluções plásticas para otimizar o uso de água no Agronegócio é um dos diferenciais competitivos para esse setor. O uso desses filmes pode reduzir até 70% o gasto de água para culturas de cítricos, por exemplo, o que torna a empresa mais econômica e também mais sustentável, de acordo com os moldes exigidos pela sociedade nos dias atuais.

Soluções como essas já foram apresentadas na Agrishow deste ano, mas devem ser reforçadas agora, durante a realização da 52ª Expoagro, a maior exposição agropecuária industrial e comercial do Centro Oeste.

De uma forma geral, o plástico pode ser o diferencial para que uma empresa seja mais sustentável e seus processos sejam mais baratos, já que água tem um custo alto na produção.

A Braskem, maior petroquímica das Américas, é uma das empresas que desenvolvem essas técnicas para reduzir o impacto do uso de água nas culturas. Afinal, a Agência Nacional de Água (ANA), estima que 72% de toda a água captada no país seja direcionada à produção agrícola.

 

Soluções para uso de água

Uma das soluções mais bem sucedidas nesse sentido é o mulching, filme plástico de polietileno utilizado na agricultura para a cobertura do solo. Consolidado no cultivo de hortaliças e frutas, o produto elimina a necessidade de aplicação de herbicidas e mantém a umidade do terreno, além de promover melhores índices de crescimento do plantio. Nas culturas de cítricos, o filme pode gerar uma economia de água em até 70%, tornando os processos mais eficientes e sustentáveis. 

Outra iniciativa que dá mais eficiência à utilização de água é a irrigação por gotejo, com mangueiras de polietileno, que pode ser aplicada a diversas culturas. Ao permitir a liberação localizada de água, o processo diminui as perdas por evaporação e pode utilizar até metade da água normalmente empregada em outros sistemas de irrigação. 

Obras de recuperação ambiental também podem contar com soluções a partir de resinas fornecidas pela Braskem. A geomanta, produzida com filamentos de polipropileno, é um desses produtos. Destinado à restituição de vegetação, o produto pode ser aplicado diretamente em barrancos ou ribanceiras que serão reflorestados, permitindo o confinamento de partículas, com proteção contra corrosão e erosão – problema que é uma das principais causas de assoreamento de rios, lagos e represas.

Além disso, verifique

Impressoras 3D reduzem custos de empresas

Apesar de ser benefício, preço dos equipamentos é entrave, pois podem chegar até 7 milhões …