Super Finishing
NotíciasPlásticoSustentabilidade

Sustentabilidade nas embalagens plásticas é possível

Tecnologia criada pela Basf mostra que é possível reduzir quantidade de plásticos utilizado em soluções já conhecidas da marca

A Ultramid tem grande resistência mecânica, além de economia do plástico em sua produção é um dos focos de sustentabilidade em que atua a Basf. Mais do que pensar em reciclagem e pós-consumo, a empresa pensa em criar soluções que passem pela utilização do plástico de maneira inteligente e tecnológica.

Um dos produtos que passam por esse desenvolvimento constante pe a Ultramid: uma embalagem feita de poliamida, que se tornam a melhor opção quando há a necessidade de aumentar o tempo de vida dos produtos através do aumento de propriedades mecânicas, proteção para migração de gorduras, barreira ao oxigênio e aromas.

Segundo Anderson Silva, coordenador de serviços técnicos da área de Poliamidas, Intermediários e Inorgânicos, a utilização do Ultramid C37LC agrega as embalagens produzidas ainda mais recursos em termos de propriedades, tanto mecânicas quanto óticas. “No quesito visibilidade, por questão de mercado, estas melhores propriedades podem resultar em melhor visibilidade do produto (embalagens mais transparentes) e uma tendência de maior aceitação e compra por parte dos consumidores”, comenta. Ou seja, além de economizar material, há ganhos para o consumidor final.

A poliamida desenvolvida e aprimorada pela empresa, devido a sua grande resistência mecânica, vem sendo utilizada também com o objetivo de manter a performance de determinada embalagem, porém reduzindo sua espessura. “A maior flexibilidade do material permite menores perdas em processo por causas ligadas a rigidez de estrutura, tais como rugas e pregas na solda”, contou.

Quando comparamos com embalagens rígidas, há a menor quantidade de material utilizado, resultando em menor área de armazenamento delas vazias, além de menos resíduos sólidos. “Por conta disso, o custo de transporte acaba sendo menor, já que as embalagens se tornam mais leves”, comentou Ronei Zan Ventura, Business Coordinator, da área de Poliamidas, Intermediários e Inorgânicos.

O ponto fundamental apontado pela Basf, segundo o coordenador, não é somente a questão de economia do material, como também o papel importante de um sistema de embalagem eficaz e projetado sob medida das necessidades do produto. “Uma embalagem bem projetada pode gerar ao produto: – garantia do frescor e da qualidade, manutenção de atributos necessários tais como cor e aromas, proteção contra contaminações e extensão da vida útil até o seu consumo”, completou. Em relação às embalagens tradicionais, os produtos desenvolvidos com a Ultramida têm uma redução de até 90% em peso. “No caso de embalagens flexíveis, a utilização de Ultramid pode apresentar um índice de redução que pode chegar em até 20% menor peso em comparação com uma embalagem comum”, completou.

Tag

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo