Bulher
EconomiaEmpresaNotíciasPlástico

Sindicato debate sobre a Indústria Plástica: O que falar de 2020 e o que esperar de 2021?

Presidente da ABIPLAST, José Ricardo Roriz Coelho e Presidente da ADIRPLAST, Laercio Gonçalves, serão os palestrantes da próxima Reunião Jantar do Simplás

No próximo dia 02 de dezembro, quarta-feira, às 19h30, o SIMPLÁS(Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho), realizará sua tradicional Reunião Jantar de Encerramento das atividades do Ano de 2020.

O evento irá ocorrer de forma hibrida (online e presencial). Virtualmente o evento será transmitido pelo canal do Facebook do Simplás: @simplas.rs.  No modo presencial, o evento será realizado no Restaurante da CIC de Caxias do Sul, com inscrição somente para Associados do Sindicato, com restrição de lugares e seguindo todas as normas estabelecida pelo Decreto Estadual Nº 55.559, e também pelas portarias SES nº 319 e SES nº 617.

A palestra da noite, conta com o tema:  Indústria Plástica: O que falar de 2020 e o que esperar de 2021?,e ficará a cargo do Presidente da ABIPLAST  (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), José Ricardo Roriz Coelho e do Presidente da ADIRPLAST (Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas e Afins), Laercio Gonçalves, e após contará com um debate.

Roriz destaca “Vamos abordar as expectativas que tínhamos para este ano e efetivamente o que aconteceu em função do cenário que tivemos. Acho importante discutir o que nos espera no próximo ano e quais são as agendas que o setor de transformados e reciclagem de plásticos tem como prioritária para recuperação e para a competitividade.  Não podemos esquecer que independente da pandemia, ainda temos a agenda das reformas e do custo Brasil para trabalharmos e podermos fazer o setor produtivo crescer e gerar empregos”.

Gonçalves ressalta que “A burocracia do regime tributário do nosso país é ainda um entrave e, por isso, a Adirplast, trabalha, juntamente com outras entidades do setor plástico, principalmente a Abiplast, no incentivo de uma nova reforma tributária.” Além deste assunto, Gonçalves, também vai abordar o mercado de distribuição de resinas, abastecimento, precificação em 2020 e tendências para 2021.

A maioria das empresas do segmento plástico iniciaram o ano de 2020 com a expectativa de retomada de crescimento e de investimentos no setor. Porém, a partir de março, com a confirmação do novo coronavírus tudo ficou congelado e as empresas passaram a buscar novas formas de enfrentamento para tudo que viria. Inicialmente imaginava-se que a mesma duraria cerca de três meses, o que não se concretizou e o que era só um sonho, virou um pesadelo, economicamente e socialmente. Mas para 2021, o presidente do Simplás, Gelson de Oliveira, acredita em um crescimento acima de 6% em média entre os setores que atuamos.

O presidente salienta “Somos um país que domina a agricultura e a pecuária, somos fortes em minério e tantos outros recursos, porém é imperativo que nossa classe política faça as reformas necessárias para que a indústria volte a ter o destaque que já tivemos. Um país sem indústria forte e competitiva, não produz riqueza, não gera renda e não contribui ao equilibro social”.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link