Super Finishing
Notícias

Simplás traz economista chefe da Fiergs para projetar cenário da dívida pública

André Nunes de Nunes palestra na Reunião-Jantar do dia 23, em Caxias do Sul

Para responder se a trajetória da dívida pública brasileira é sustentável, e de que forma, o Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) traz o economista chefe da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs). André Nunes de Nunes (foto) será o palestrante da Reunião-Jantar do dia 23 (segunda-feira), na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul (RS), a partir das 20h.

O encontro é aberto a associados do Simplás e convidados, mas as vagas são limitadas. As reservas devem ser encaminhadas até o dia 18 pelo e-mail simplas@simplas.com.br ou pelo telefone 3013.8484. A expectativa é de que o público chegue a 200 pessoas, entre empresários, parceiros de negócios, representantes de instituições de ensino e poder público.

Cada um dos participantes está convidado a contribuir com um quilo de alimento não-perecível, que será doado ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos José Luiz de Medeiros Ramos.

Quando da divulgação dos cenários projetados para 2016 e do balanço de 2015, em dezembro do ano passado, Nunes declarou:

“Vivemos a maior recessão da história da economia brasileira em 114 anos”.

Naquele momento, de acordo com a Unidade de Estudos Econômicos (UEE) da Fiergs, o cenário base para 2016 era de nova recessão para o Brasil, com queda de 2,5% do PIB, menos intensa que em 2015 (-3,5%). O consumo das famílias tenderia a manter a trajetória de retração, acompanhando o aumento do desemprego e a diminuição na renda real. Situação que pode se alterar, de diferentes maneiras, sob influência das recentes movimentações na esfera política.

Foto: Assessoria de Comunicação do SindiTabaco

Tag

Artigos relacionados