Bulher
EconomiaEmpresaNotíciasPlástico

Setor de máquinas e equipamentos teve crescimento em agosto

ABIMAQ divulgou os números para o mês de agosto, e mesmo positivo o acumulado do ano é de retração

A ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) apresentou, na última semana, em coletiva de imprensa, os dados conjunturais do mês de agosto de 2020, que vem se normalizando dentro de um cenário com pandemia. O setor caminha para uma estabilidade próxima a observada no cenário pré-pandemia.

Em agosto, a receita líquida total do setor acumulou R$12,5 bilhões, com crescimento de 4,4% interanual, sendo o segundo resultado positivo desde março, quando começou a quarentena no país devido ao novo coronavírus. O setor tem se mostrado positivo, mas até agosto, a receia total teve retração de 3,4%, isso se deve as retrações de março e junho, que interferem no resultado acumulado. O setor de máquinas e equipamentos caminhar para uma estabilidade e caso a atividade industrial ganhe mais força no país, é possível retomar a expectativa de investimentos para 2021.

Entre as importações e exportações, o mercado interno cresceu 16,5% em agosto, mostrando que a crise devido ao novo coronavírus está diminuindo ao longo dos meses. Já as exportações ainda apresentam queda, sendo o sexto mês consecutivo, acumulando entre janeiro e agosto de 2020 uma queda de 28,3%. A retomada do setor ainda é fraca devido às quedas das exportações, e mesmo com o câmbio desvalorizado, as vendas são insuficientes para compensar a diminuição em volumes para clientes externos.

O mês de agosto se mostrou ruim perante ao consumo aparente que recuou 10%, devido também ao encolhimento das importações de máquinas e equipamentos no país, que está ligado as paralizações das atividades nos últimos meses devido ao novo coronavírus, porém o consumo aparente mostra um saldo positivo de 6,6% no acumulado do ano.

E a retomada das atividades produtivas se mostrou positivo para o setor, com a retomada dos trabalhos no setor. Em agosto de 2020, o setor registrou 300,5 mil trabalhadores, se encaixando no mesmo nível do ano anterior, e mesmo com a pandemia o setor está revertendo as consequências.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
close-link
close-link