Blob Web
Notícias

Saiba mais sobre injetora de plástico

No site Plástico Virtual você fica por dentro do que são e para que servem todos os equipamentos da indústria plástica. Acompanhe as notícias semanalmente

 

Equipamento fundamental para a indústria plástica, a injetora de plástico produz peças plásticas através de injeção de polímeros (plásticos) a altas temperaturas em moldes pré-fabricados. A injetora de plástico é o meio que detém a força para estimular os mecanismos do molde, fazendo com que a matéria-prima fique do formato e tamanho esperado. No site Plástico Virtual você encontra todo o tipo de injetoras e outros equipamentos.

Além de fazer o molde trabalhar, a injetora de plástico também ativa os componentes elétricos, hidráulicos e pneumáticos do molde, além de converter o polímero de um estado sólido para um ponto específico (por meio da fusão). A máquina ainda controla a temperatura do molde e injeta o plástico para obter o produto final.

A injeção do plástico de plástico precisa ser rápida, para evitar resfriamentos inadequados do bico de injeção. Cada ciclo demanda o fechamento do molde, injeção, recalque, resfriamento da peça já pronta, abertura e extração num intervalo de mais ou menos 20 segundos. A injeção de cada peça varia entre 3 ou 5 milésimos de segundo, considerado a operação mais curta dentro do ciclo de injeção.

 

Aplicação da injetora

Quando um molde é projetado, é necessário avaliar as dimensões (largura, comprimento, espessura) que o produto final terá e adequá-las à máquina que a empresa detém. Essas dimensões precisam estar de acordo com as dimensões da injetora de plástico, para que seja possível a produção.

Um dos mercados mais abrangentes do País, a indústria plástica demanda uma infinidade de moldes e produtos finais. Há, também, portanto, vários modelos de injetora de plástico. Antes de adquirir uma dessas máquinas, a empresa precisa avaliar o tipo de produto que será injetado, peso e outros detalhes importantes.

 

Curiosidades

A maioria das opções de injetora de plástico injeta apenas um tipo e uma cor de polímero por vez. Produtos que demandem diversas cores devem ser fabricados com máquinas mais sofisticadas, a “bicolor” (que injeta duas cores por vez) ou a “multicolor” (que injeta duas ou mais cores ao mesmo tempo).

 

Dicas para eficiência energética

Quase todos os movimentos de uma injetora de plástico convencional são realizados por meio de válvulas de vazão e pressão e componentes hidráulicas (tais como pistões, êmbolos e outros) acionados também por bombas hidráulicas.

Essas bombas hidráulicas são responsáveis pela circulação de óleo no circuito. Esse circuito, por sua vez, é acionado por motores elétricos, que respondem por aproximadamente 80% do consumo de energia da máquina.

Um motor eficiente unido a um inversor de frequência pode, segundo estudos, melhorar o rendimento global e tornar o equipamento mais “inteligente”, para que ele consuma energia de acordo com a necessidade e não a mesma quantidade independente do quanto vem sendo usada.

Essa solução não demanda modificações mecânicas ou alterações no controle de máquinas da injetora de plástico e podem gerar um consumo de energia de até 50%.

 

Tudo sobre plástico

Acompanhe as notícias do Plástico Virtual para saber mais sobre injetora de plástico e outros produtos. Semanalmente são divulgadas curiosidades sobre o segmento! Assine também a newsletter gratuitamente pelo www.plasticovirtual.com.br.

Tag

Artigos relacionados