Casa / Notícias / Saiba algumas coisas sobre o uso do plástico pelo mundo

Saiba algumas coisas sobre o uso do plástico pelo mundo

Práticas de reciclagem têm sido utilizadas com intuito de transformar o plástico

É quase impossível imaginar a rotina dos dias atuais sem a utilização do plástico. Ele está em todos os lugares – nos celulares, escovas de dentes, partes do carro, peças do computador, nos utensílios de cozinha, em brinquedos de criança, nas embalagens diversas espalhadas pelo mundo, completamente tudo tem plástico e não é por acaso.

Ao longo das décadas, o plástico entrou com peso em vários ramos industrias, como a construção civil, eletrônica, embalagens, móveis, alimentícia, entre outros, com a intenção de substituir o metal, vidro, cerâmica, madeira e papel, devido algumas vantagens que só esse material apresenta, como a facilidade de transporte, de processamento, menor consumo de energia, grande durabilidade, baixo custo, muita versatilidade e resistência incrível.

Cerca de 26% de todo o plástico produzido é utilizado como embalagem de produto – cosméticos, produtos de banho, de água, refrigerante, molhos e leite, de salada e também, potes descartáveis. O plástico também auxilia na redução do consumo de combustível no transporte e mantém alimentos frescos por mais tempo, o que reduz o desperdício de comida.

Mesmo com seus inúmeros benefícios, é um material que pode causar grandes impactos ambientais quando consumido em excesso e se o seu descarte foi de modo incorreto.

A sociedade ainda precisa ser muito mais educada quanto a utilização e descarte do plástico, pois em números, cerca de 95% dele é desperdiçado após a primeira utilização. Oito bilhões de toneladas de plástico por ano nos oceanos, o que equivale ao despejo de caminhão de lixo a cada minuto no mar. Infelizmente, 90% das aves marinhas tem plástico no estomago e a China é o país que mais produz plástico no mundo, e o Brasil está em 16º lugar.

Apesar dessa parte negativa, inúmeros projetos de reciclagem são criados e utilizados pelo mundo. O projeto Remolda, por exemplo, deixa um ponto fixo para o descarte das garrafas PET, que normalmente seriam descartadas em lixões, aterros e locais indevidos. A partir disso, a máquina tritura o plástico e transforma em flakes, que são derretidos e transformados em um novo produto, com menos gasto e mais eficácia.

Os três R’s – reduzir, reusar e reciclar, projeto criado pelo Ministério do Meio Ambiente, também é utilizado em vários lugares. Reduzir refere-se a repensar o consumo, diminuir a quantidade de plásticos utilizados, como copos descartáveis, sacolinhas, canudinhos, entre outros, principalmente objetos não-recicláveis. Reusar faz referência a reutilizar objetos sempre que possível, para evitar o desperdício desnecessário e, por último, o reciclar, que é indispensável, pois ninguém vive sem plástico – grande parte dos produtos que são feitos de plástico são recicláveis, basta dar o destino correto e, por consequência, evitar que esse produto vá para algum rio, aterro ou mares.

Outro projeto é o Plástico Vale Ouro, desenvolvido em parceria com a Plastic Soup Fundation, WWF-Holanda e outros parceiros locais, que nasceu com a ambição de reduzir a chegada de plástico na Baía de Guanabara (RJ), com o intuito de promover o desenvolvimento social para as comunidades locais.

O objetivo desse projeto é aumentar a conscientização sobre o plástico, evitar a dispersão do plástico, empoderar as comunidades por meio do plástico e também agregar mais valor ao plástico.

Descartar o plástico nos locais corretos é ideal para que a saúde do meio ambiente seja preservada, bem como a saúde da vida, tanto humana quanto animal. Por isso, é essencial que os projetos sejam desenvolvidos, e que a sociedade aceite e pratique diariamente para um bem maior.

Além disso, verifique

Plástico Virtual divulga sua empresa na Interplast 2018

Evento reúne diversos fabricantes, fornecedores, gerentes e diretores de grandes empresas para novas oportunidades Você …