Super Finishing
EconomiaNotícias

Radici traz soluções em produtividade com foco sustentável para Feiplastic

Mais que gerar resultados, um das preocupações da companhia é atuar de maneira eficaz, respeitando o meio ambiente

Durante a Feiplastic (Feira Internacional do Plástico), que acontece de 22 a 26 de abril, em São Paulo, a Radici High Performance Polymers, apresenta resultados de ações importantes voltadas à responsabilidade ambiental.

Entre eles estão o controle e reuso do sistema de água, instalação de iluminação de LED no chão de fábrica e a aquisição de equipamentos mais eficientes – que já apontam uma redução no consumo de energia na ordem de 13%, ao ano.

Segundo Jane Campos, Country Manager da filial brasileira, com a aquisição de ferramentas e soluções, a empresa tem crescido de maneira eficaz, sustentável e orgânica. “Nos últimos anos investimos mais de R$ 13 milhões no nosso Centro de Pesquisa e parque industrial, e aumentamos significativamente à capacidade instalada para produção de compostos, aperfeiçoamos o nosso laboratório e os resultados vão muito além da produção, pois conseguimos reduzir o consumo de energia e dos recursos hídricos”, conta Jane.

A Radici também reduziu a emissão de fumaça preta e o descarte de resíduos. Neste último, a meta da companhia é atingir o índice de 0% de rejeitos no chão de fábrica, em cinco anos.

Outra ação adotada, no início de 2019, foi a inserção no projeto Operation Clean Sweep (OCS) – programa internacional promovido por associações comerciais para neutralizar a dispersão de pós e grânulos de plástico no ambiente, com atenção para o manuseio dos produtos a partir da entrada na fábrica das matérias-primas até a saída dos produtos semiacabados destinados aos clientes. “Estamos trabalhando no mapeamento de geração de resíduos, com planos de contingência para diminuir a perda de pellets e atender todos os requisitos do projeto. Desta maneira, conseguimos ampliar o nosso pilar de sustentabilidade”, ressalta.

Todas estas ações visam aprimorar o padrão de qualidade para atender a demanda dos mercados-alvo, que inclui a indústria automotiva, o setor de eletroeletrônicos e de embalagens. “Estamos confiantes. Por isso, vamos manter o nosso modelo de negócios, com atendimento personalizado, oferta de produtos e, acima de tudo, investir na capacitação e no reconhecimento dos nossos colaboradores”, finaliza Jane.

Tag

Artigos relacionados