Bulher
AutomaçãoCOVID-19EmpresaNotíciasPlásticoSustentabilidade

Projeto une empresas do setor industrial na busca de soluções para falta de EPIs na rede pública

O “Empresas do Bem” conta como foi o processo de desenvolvimento de soluções para auxiliar os profissionais da saúde quanto a falta de equipamentos na rede pública

Na última semana lançamos o projeto “Empresas do Bem” aqui no nosso portal, uma iniciativa de empresas do setor industrial para a produção de 150 mil máscaras de proteção facial modelo “face shield”, que serão doadas através da distribuição na rede pública de saúde de diversos estados do país.

Hoje quem fala sobre o assunto é Adriano Rovero, supervisor de engenharia de qualidade de fornecedores da Metagal, um dos fundadores do projeto e responsável por estruturar e gerir os recursos necessários para desenvolvimento do projeto. Rovero descreve que sempre que encontra algum projeto em andamento, busca dentro do possível participar e colaborar. “Tudo começou por uma empresa que entrou em contato com o Catrasta, gerente comercial da Termocolor, buscando empresas que pudessem colaborar com os projetos já em andamento de produção de máscaras de proteção facial, através da impressão 3D. Conversei com o Catrasta e decidimos então colaborar, buscando parceiros, porém através de um modelo de fabricação que pudesse aumentar a capacidade de produção da impressão 3D”.

Juntando a experiência de ambos, eles partiram para iniciar a estrutura do projeto e buscar parceiros que comprassem a ideia. “Definimos o escopo e o planejamento para o projeto, para poder apresentar à outras empresas, foi quando a Termocolor, BWB, Activas, Astra, Print Gráfica, ABINFER e Usifer aderiram ao projeto, tínhamos então toda a estrutura fabril e logística para poder iniciar o projeto. Partimos para a busca de parceiros que pudessem fazer a doação de matéria prima, foi onde a PQS, Braskem, Metagal, Plascomcor, Plástico em Revista, Plástico Virtual, Grupo Focus, Wilton, Caldense Embalagens, BASF, Whirlpool, Plásticos Mauá Sul, Embaquim, Adirplast, Funorte, Abiplast, Sindiplast, CIESP também aderiram ao projeto, tínhamos aqui todos os insumos necessários para a fabricação do nosso objetivo inicial, de 150.000 máscaras de proteção facial”, conta Rovero.

Rovero destaca que um dos maiores desafios do projeto era certificar que as doações de fato chegariam na ponta da demanda, que são os profissionais da saúde. “Nos preocupamos em direcionar as doações para quem de fato precisava, ou seja, montamos um plano de distribuição que atendia principalmente hospital por hospital, para certificar que a doação das máscaras pudesse atender de fato os profissionais da saúde. Aqui foi possível sentir na pele como é difícil ajudar no nosso país, garantindo que a ajuda de fato vá chegar onde o projeto deseja atender”.

Devido aos procedimentos e barreiras que as grandes organizações administram no seu dia a dia, trabalhando individualmente, Rovero destaca que o trabalho em conjunto de empresas fez toda a diferença na dinâmica e velocidade do projeto. “Acreditamos que existem muitas frentes trabalhando para ajudar, mas devido aos procedimentos e barreiras, há grandes obstáculos a serem superados para que se possa alcançar os resultados que gostaríamos”, evidencia. Nesse ponto Rovero reforça “o modelo de Crowdsourcing foi fundamental para o sucesso do projeto e deve ser uma grande tendência para o mundo pós pandemia, empresas que partirem para esse modelo poderão ser destaque”

Rovero espera que através desse projeto seja possível reforçar os excelentes resultados do conceito de crowdsourcing. “Esse projeto trouxe uma experiência muito bacana, que se você une diferentes especialidades e empresas, perante um mesmo objetivo, ele de fato vai acontecer”. O conceito de crowdsourcing é um modelo de produção, onde você estrutura processos e utiliza a sabedoria e o aprendizado coletivo para a resolução de problemas ou cumprimento de uma demanda.

Qualificação para combate ao COVID-19

As doações contam com um termo de compromisso, quem recebe precisa se comprometer a descartar devidamente as doações após a pandemia. “Fizemos uma parceria com o IPT, eles vão nos oferecer uma qualificação de que a máscara de proteção facial atende aos requisitos exigidos para esse fim. Não se trata de uma homologação, mas um laudo de que estamos doando um material que passou por ensaios previstos para esse tipo de produto, por um órgão creditado, tranquilizando quem está fabricando e quem estará utilizando, mesmo assim, no termo de doação, reforçamos que a máscara é um material desenvolvido para uso exclusivo durante a pandemia, de uso experimental”, salienta Rovero.

A expectativa da Metagal é certificar que a ponta que está necessitando do material irá recebê-los, o objetivo é atender a todos os médicos. Rovero descreve que espera que através desse projeto seja possível reforçar o conceito de crowdsourcing. “Esse projeto trouxe uma experiência bacana, que se você une diferentes especialidades e empresas, perante um mesmo objetivo, ele de fato vai acontecer”.

O conceito de crowdsoucing é um modelo de produção, onde você estrutura processos, utiliza a sabedoria e os aprendizados coletivos, para a resolução de problemas ou de uma solução. “Se a Termocolor ou a Metagal quisesse fazer este projeto sozinho, ela enfrentaria muito mais dificuldades do que estamos enfrentando; e as outras empresas também, porém quando você junta as empresas, que tem diferentes experiências, com sabedorias e aprendizados coletivos, dificilmente você não alcance o objetivo”, realça Rovero.

Através do aprendizado com esse projeto, Rovero espera que possam realizar outros, dentro da própria empresa que trabalham ou em conjunto com outras empresas. “Penso que as empresas poderão incorporar em seu escopo o apoio social daqui para frente, apenas com networking entre os profissionais em empresas, como fizemos neste caso. Acredito que as empresas devem trabalhar muito forte daqui para frente no crowdsourcing, seja para fim social ou empresarial”, finaliza.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link