Buhler

Moinho para Triturar Plástico – TRIA BRASIL


O moinho para triturar plástico da Tria é um equipamento industrial essencial utilizado na reciclagem de resíduos plásticos.

Sua função principal é reduzir o tamanho dos resíduos plásticos, transformando-os em pedaços menores ou em pó. Este processo de trituração facilita o armazenamento, transporte e reciclagem eficaz dos materiais plásticos.

Solicitar Orçamento por E-mail

Entenda o funcionamento dos moinhos da TRIA 

 

Primeiramente, destacamos que o moinho para triturar plástico da TRIA é um equipamento industrial que é utilizado para reduzir o tamanho dos resíduos plásticos. Esse processo de trituração é essencial para a reciclagem de plástico, pois facilita o armazenamento, transporte e reciclagem eficaz dos materiais plásticos.

 

O moinho da TRIA funciona por meio de um sistema de rotor e contra rotor que giram em alta velocidade. 

 

Os plásticos são introduzidos no moinho e são triturados até formar pelados menores ou em pó. A matéria-prima resultante tem ampla utilização para a fabricação de novos produtos plásticos, como garrafas, potes, brinquedos e embalagens.

 

Todas as elaborações da TRIA, tem o objetivo de reduzir o tempo gasto, entregar segurança nas produções e aumentar a qualidade nas produções. 

 

Do mesmo modo, destacamos a importância das etapas presentes nos moinhos. A princípio, a classificação dos grânulos, têm organização conforme os tamanhos, os tipos e os formatos. Essa ordem ajuda a garantir que o material obtenha seu máximo potencial de qualidade. 

 

Ainda, com o moinho da TRIA, suas produções alavancam em segurança de transporte e armazenamento. Isso acontece porque nossos moinhos possuem silos firmes e consistentes, para transportar as plantas de reciclagem. 

O moinho para triturar plástico da companhia é um equipamento essencial para a reciclagem de plástico. Ele ajuda a tornar o processo de reciclagem mais eficiente, seguro e sustentável.

Conheça os benefícios e os produtos entregues pela TRIA aqui

Botão Voltar ao topo