Blob Web
NotíciasPlástico

Polímero absorvente beneficia produção florestal

Produto da Evonik aumenta a eficiência do uso de água, nutrientes e ativos, possibilita o plantio em condições extremas e aumenta o rendimento e qualidade das culturas

Com foco em trazer soluções para aumentar a produtividade através de produtos químicos e plásticos, a Evonik apresenta a linha Creasorb, em que tem no seu rol, Polímeros Superabsorventes utilizados na agricultura e outros segmentos. Dentre eles está o Stockosorb 660, desenvolvido especialmente para o uso na produção agrícola.

Este Polímero Superabsorvente (SAP) altamente reticulado é capaz de absorver e disponibilizar às plantas um grande volume de água de até 300 vezes o seu próprio peso. Em contato com a água, os cristais sintéticos (grânulos) “incham” rapidamente, formando o hidrogel através da absorção e retenção de água, nutrientes e ativos, que são liberados para a planta de forma gradual e eficiente durante o processo de secagem do solo.

Esta absorção de nutrientes ocorre através da troca de cátions que são liberados gradualmente para as plantas de acordo com o Processo Osmótico. “Desta forma, o Stockosorb 660 pode ser aplicado em cultivos perenes, semi-perenes e anuais, como Silvicultura, Cafeicultura, Citricultura, Cultivo de Cana-de-Açúcar, Horticultura, Paisagismo, Gramados e Sojicultura, entre outros”, explica Henrique Oliveira, Executivo de Contas da linha Agro, da Evonik.

Vantagens para o solo e a planta

Para o solo, além de melhorar a capacidade de retenção de água, o Stockosorb 660 atua na melhora das características físicas, promove a descompactação; reduz a taxa de erosão e a perda de nutrientes por lixiviação; aumenta a capacidade de troca catiônica (CTC); e é fonte de K2O.

Na planta, promove o aumento da taxa de sobrevivência das mudas; possibilita o plantio em condições extremas de solo e clima; aumenta a produtividade e qualidade da cultura; promove aumento da biomassa das raízes e uniformidade da cultura; prolonga “shelf-life” (sobrevida) de mudas e plantas; e confere maior vigor e sanidade à cultura.

Sustentabilidade

Stockosorb 660 não é tóxico e é ambientalmente correto: biodegradável, não contamina plantas, solo ou lençóis freáticos. Possui degradação fúngica (Phanerochaete chrysosporium, Pleurotus ostreatus, etc.) e bacteriana. O produto será totalmente solubilizado e mineralizado, após um período de 6 a 8 anos.

Pesquisas demonstram que o SAP é completamente reintegrado no ciclo do carbono do solo, sem quaisquer efeitos negativos ou tóxicos no solo e/ou sobre os microrganismos. Isento de acrilamida, promove o uso racional de água e nutrientes e, consequentemente, o menor custo de plantio e irrigações.

Tag

Artigos relacionados