mc components muck maq
EconomiaEmpresaNotíciasPlásticoPlástico pelo mundoSustentabilidade

[Plástico pelo Mundo]: Acompanhe as novidades

Fique por dentro do mundo do plástico dessa semana

Indústria lança aspirador de pó feito com plástico dos oceanos

A indústria global de eletrodomésticos está dando um novo e importante passo rumo à economia circular, que associa desenvolvimento econômico ao melhor uso de recursos naturais, por meio de novas oportunidades de negócios e da otimização na fabricação de produtos. Juntamente com uma empresa nórdica do ramo de reciclagem, a Electrolux acaba de anunciar o lançamento de um aspirador de pó feito com matéria-prima 100% reciclada.

O projeto aborda alguns dos principais desafios de reciclagem de hoje enquanto explora a circularidade no ramo de eletrodomésticos, ressalta a indústria sueca. Mais de 400 milhões de toneladas de plástico são produzidas globalmente a cada ano, mas menos de 12% desse montante vem de materiais reciclados.

Novo robô colaborativo HC20XP da Yaskawa Motoman traz maior precisão e rapidez em suas aplicações

A Yaskawa Motoman do Brasil apresenta o robô colaborativo HC20XP. O robô é ideal para várias aplicações industriais, possuindo capacidade de 20 kg. O novo robô possui seis eixos, além de ser preciso e veloz, oferece quatro modos de operação colaborativa, com tecnologia de limitação de potência e força.

O HC20XP atende aos padrões de segurança estabelecidos, permitindo que os humanos trabalhem em locais próximos aos robôs. Dependendo da avaliação de riscos, o robô pode operar sem recursos extras de segurança, economizando espaço e reduzindo custos.

Pesquisa para criar plástico que se decompõe em 120 dias

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) estão em fase avançada num estudo para a fabricação de um plástico que pode se decompor em 120 dias na natureza. A pesquisa tem como base a produção do plástico a partir do amido de mandioca e do gás ozônio.

A próxima fase da pesquisa é uma das mais importantes: a viabilidade financeira. A pesquisa com o amido de mandioca e o gás ozônio foi iniciada há 15 anos e envolve ainda outros grupos de estudos. A pesquisa já passou em alguns testes e se encontra em estágio avançado.

Startup desenvolve pacotes de molho biodegradáveis e comestíveis

A startup Notpla, sediada em Londres criou uma alternativa aos pacotes de molho convencionais. Os pacotes de molho serão feitos de algas marinhas. As algas marinhas são cultivadas numa região paradisíaca de França.

Os pacotes de molho propostos pela empresa são constituídos por uma membrana de algas marinhas. Estas são secas e moídas até atingirem um pó fino. Depois, são transformadas de uma forma que apenas a startup conhece para se tornarem num fluído viscoso. Por último, esse fluído seca e a embalagem fica com um aspeto muito semelhante ao plástico. A alternativa biodegradável e comestível aos pacotes de molho de plástico criada pela startup é capaz de desaparecer de quatro a seis semanas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Banner Vaga Time de Inovadores 2021
close-link
close-link