Casa / Notícias / PETtalk da Plástico Brasil já tem temas definidos

PETtalk da Plástico Brasil já tem temas definidos

Conforme noticiado pelo Plástico Virtual, a Plástico Brasil 2017 terá um PETtalk (Conferência Internacional da Indústria do Plástico) exclusivo, realizado simultaneamente à feira, nos dias 21 e 22 de março, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo. Com quase dois meses de antecedência, os temas do PETtalk já foram definidos.

Conforme divulgado pela organização da feira, o encontro apresentará novas tecnologias, cenários e temas atuais e relevantes para o segmento plástico e da borracha, em suas mais diversas categorias, inclusive a indústria do PET.

O evento já é tradicional aos profissionais do setor, desenvolvido pela ABIPET (Associação Brasileira da Indústria do PET) será dividido em macro temas e suas inúmeras possibilidades.

Um dos macros temas é a Reciclagem, dentro do qual serão discutidas soluções para equipamentos para separação óptica, pós-condensação, filtragem, e soluções para bottle-to-bottle. Design de embalagem e eco design também está elencado.

O conteúdo vai tratar de sistemas de injeção, para condicionamento da resina, e para fechamento e rotulagem; aditivos e pigmentação; resina pet; processos de envase e equipamentos; entre outros temas. Tudo de forma técnica e simples, para servir como capacitação aos profissionais do setor, além de um grande debate sobre os temas.

 

Serviço

O encontro é voltado a fabricantes de máquinas e equipamentos, prestadores de serviços, usuários das embalagens (brand owners), produtores de resinas e preformas, sopradores, recicladores e outros profissionais ligados à cadeia produtiva. As inscrições para PETtalk na Plástico Brasil estão abertas e podem ser feitas no site da ABIPET (www.abipet.org.br). O investimento é de R$ 340 para associados da entidade e R$ 620 para não associados. As vagas são limitadas.

Além disso, verifique

Impressoras 3D reduzem custos de empresas

Apesar de ser benefício, preço dos equipamentos é entrave, pois podem chegar até 7 milhões …