Plastico Brasil
Notícias

O que são pigmentos?

Os pigmentos são substâncias que quando aplicadas a um material lhe conferem cor. Eles são insolúveis e quando se usa o pigmento, ele promove simultaneamente a cobertura, opacidade, tingimento e a cor da tinta.

Normalmente, os pigmentos são fornecidos em pó, cabendo à indústria fazer sua moagem, dispersão ou dissolução até o ponto desejado para a aplicação no material ou substrato. Eles também podem ser adquiridos pré-dispersos, prontos para o uso, já beneficiados com aditivos, estabilizantes e outros componentes. São os concentrados comercializados na forma líquida ou em pasta.

E graças aos pigmentos, é possível conferir uma determinada cor à comida, à roupa e aos produtos cosméticos, por exemplo. Existem pigmentos que atuam como colorantes permanentes e outros que, com o passar do tempo, deixam de tingir a substância em questão.

Aplicação

São usados nas indústrias de tintas, plásticos, cerâmicas e cosméticos, entre outras. Existem pigmentos que proporcionam proteção e efeitos decorativos, como é o caso dos pigmentos metálicos e os de efeito perolizado. Batons podem levar metálicos, por exemplo. Os pigmentos de alumínio são ótimos para proteção contra ferrugem, especialmente se utilizados com zinco. Já para um efeito decorativo, os perolizados resultam em um acabamento luminoso.

Sem contar os que são usados em borrachas e plásticos, cerâmica, papel, argamassa, outros setores e os que são aplicados junto com aditivos: cimento, telhas, bloco de concreto, construtoras, pisos industriais, entre outros.

Componentes

Os pigmentos podem ser orgânicos ou inorgânicos, sintéticos ou naturais, e têm diferenças entre si com relação à opacidade, resistência, facilidade de dispersão e moagem.

Pigmentos inorgânicos: os inorgânicos naturais são geralmente óxidos e possuem menor cobertura, maior dificuldade de dispersão e menor poder tintorial; já os inorgânicos sintéticos, por serem produzidos em um processo industrial controlado, têm algumas propriedades melhoradas, proporcionando maior cobertura, uniformidade na cor, poder tintorial superior e mais dispersão, o que resulta em estabilidade na aplicação.

Pigmentos orgânicos: são substâncias sintéticas que apresentam em sua estrutura química grupamentos chamados cromóforos, responsáveis por lhes conferir cor. Os pigmentos orgânicos pertencem basicamente a duas ‘famílias’: a família do grupo azo e os policíclicos. A grande maioria da família do grupo azo não tem resistência ao intemperismo, e por isso os pigmentos não podem ser usados para pintura externa. Já os policíclicos possuem resistência ao intemperismo e à luz, e são empregados na produção de tintas imobiliárias e automotivas.

De modo geral, os pigmentos inorgânicos têm maior opacidade, poder de cobertura e de tingimento. Os pigmentos orgânicos têm mais brilho e transparência. Mas o que, muitas vezes, influencia na escolha em favor dos inorgânicos é o fato de estes serem significativamente mais baratos.

Artigos relacionados