Bulher
Notícias

O que pode ser feito com o policarbonato?

O policarbonato, que também é conhecido como PC, é um poliéster linear com alta transparência e grandes espessuras. Dentro da linha de plásticos de engenharia, o PC oferece altíssima versatilidade, pois tem um ótimo aspecto visual de transparência e possui características muito semelhantes a outros materiais, como metal e vidro. É muito utilizado em móveis plásticos, lentes e em faróis automotivos.

Onde pode ser utilizado?

O policarbonato pode ser utilizado nos mais diversos segmentos, como em faróis de veículos, coberturas e toldos, peças com alta transparência e resistência mecânica.

No mercado podem ser encontradas em forma de chapas ou telhas, divididas em 3 tipos:

Chapas Refletivas: Compactas elas possuem um composto químico que melhora a eficiência térmica, pois refletem até 30% da energia solar.

Chapas Compactas: Placas lisas, mais espessas e translúcidas. Permitem a entrada de cerca de 90% de luminosidade.

Chapas Alveolares: Placas com aparência de um vidro canelado. São mais leves, porém menos translúcidas.

Vale ressaltar que o material pode ser encontrado em diversas dimensões variando de acordo com cada tipo de Policarbonato e suas respectivas especificações.

Por que escolher o policarbonato?

O material pode ser escolhido por suas características como resistência, transparência e principalmente pelas excelentes propriedades elétricas e isolantes. 

Mesmo com grandes espessuras ele possui uma alta transparência, sendo muito utilizado, principalmente, na indústria automotiva e com uma qualidade excepcional em relação ao isolante de alta frequência quando exposto à temperatura ambiente. O material faz jus ao possuir uma alta resistência a impactos e possui alta resistência térmica.

Empresas como a Nova Trigo e Replas oferecem esse material.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado.

[dinamize-form id=”13211″]

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo