Super Finishing
NotíciasPlástico

Henkel adere a economia circular

Empresas passam a investir nessa nova estratégia sustentável

Neste ano a Henkel anunciou que até 2025 todas as suas embalagens serão 100% recicláveis, reutilizáveis ou biodegradáveis. A medida teve como objetivo reforçar o seu compromisso de sustentabilidade e de economia circular.

Em nota, a multinacional se comprometeu a usar 35% de plástico reciclado em todos produtos de consumo na Europa. Para Kathrin Menges, executiva e vice-presidente dos recursos humanos da Henkel, é importante para as empresas, consumidores, governos e outras organizações fomentarem a sustentabilidade e a economia circular, para assim, conseguir reutilizar e reciclar todo material possível, de modo que a sociedade consiga viver com recursos limitados. Pensando assim, surgiu a ideia das embalagens sustentáveis.

A companhia também está comprometida em incluir uma porcentagem crescente de matérias-primas sustentáveis nas embalagens dos seus produtos, que em seguida passará pelo design de embalagens inteligentes, ou seja, os designs inteligentes são o pré-requisito para substituir material virgem nas embalagens dos produtos Henkel, considerando que os materiais de embalagens recicláveis ou renováveis muitas vezes vêm com propriedades diferentes, tanto na estabilidade como na aparência, por exemplo.

A Henkel conta com diversos parceiros nesta estratégia para impulsionar a inovação no desenvolvimento das embalagens e promoção de melhorias nas infraestruturas de reciclagem, que recebeu o nome de New Plastics Economy, uma iniciativa liderada pela fundação Ellen MacArthur que junta stakeholders para ajudar a repensar e replanejar o futuro do plástico e criar impulso para a economia circular.

A economia circular está cada vez mais popular entre os empresários, por ser uma iniciativa estratégica e sustentável, com total responsabilidade social corporativa. Outras empresas que adotaram a medida – C&A, que desenvolveu uma linha de t-shirts 100% biológica; H&M, que financia projetos inovadores que reduz o impacto ambiental negativo da indústria da moda; L’Oreal, que repensou suas embalagens de cosméticos; e Continente, que está reaproveitando seus excedentes alimentares para desenvolver novos produtos.

Quer receber notícias exclusivas sobre o plástico? Preencha o formulário abaixo e receba conteúdo segmentado de qualidade.

Tag

Artigos relacionados