Casa / Notícias / Ford investe em plástico sustentável para seus veículos
smart forvision 2011

Ford investe em plástico sustentável para seus veículos

A marca já tem outras soluções de boas práticas ao Meio Ambiente, mas agora está desenvolvendo uma tecnologia para a produção de componentes plásticos a partir de dióxido de carbono capturado no ambiente

 

Muitas montadoras automobilísticas já usam PET reciclado para fabricar os componentes de seus veículos. No entanto, essa semana, a Ford anunciou nos Estados Unidos o desenvolvimento de uma nova tecnologia para a produção de componentes de plástico e espuma sustentáveis para aplicação em veículos da marca. Essa técnica é pioneira no universo automobilístico e a estimativa é de que dentro de cinco anos já seja aplicada na produção de veículos.

Dióxido de carbono capturado no ambiente será usado como matéria-prima de biomateriais capazes de atender os rigorosos padrões da aplicação automotiva. Essa espuma sustentável, produzida com até 50% de polióis derivados de CO2, pode ser aplicada em bancos e capôs.

A novidade mais interessante é que o novo plástico poderá ser usado em peças do veículo e não apenas nos componentes, como ocorria até então com o PET reciclado. Para a diretoria da marca, a nova tecnologia é empolgante porque reduz o uso de plástico e espuma feitos de petróleo e ajuda a resolver um problema que parece incontornável: a mudança climática.

 

Emissões de carbono

Hoje, o volume de CO2 lançado globalmente na atmosfera é de impressionantes 1.000 toneladas por segundo. Os pesquisadores da Ford estimam que o uso de carbono capturado ajude nas metas de longo prazo para redução do aquecimento global, definidas recentemente no acordo da ONU em Paris.

 

Biomateriais

Esse não é o único produto sustentável lançado pela Ford. Há cerca de duas décadas, a marca vem investindo em soluções que prejudiquem menos o Meio Ambiente.

A espuma de soja, que hoje está presente nos carros da marca em toda a América do Norte, é um exemplo.

Há, ainda, a aplicação de fibra de coco em forros de porta-malas, pneus reciclados e soja em capas de espelhos, camisetas e jeans reciclados em carpetes, além de garrafas plásticas recicladas no tecido da F-150.

 

Plástico Virtual

Já está conectado ao Facebook, Twitter e LinkedIn do Plástico Virtual? Nessas redes sociais divulgamos curiosidades, dicas sustentáveis e notícias diariamente! Conecte-se com a gente!

Além disso, verifique

Rio Grande do Sul tem ações intensificadas pelo PICPlast

Região é excelente cenário que envolve o desenvolvimento da indústria da transformação e promoção da …