Bulher
EconomiaEmbalagemEmpresaNotíciasPlásticoSustentabilidade

Evento aborda novas oportunidades para o mercado plástico

A BASF lançou uma plataforma de conteúdo para o mercado de aditivos, destacando as novas tecnologias para o plástico

A BASF lançou uma nova plataforma de conteúdos para o mercado de Aditivos para Plásticos. O evento de lançamento foi um webinar que abordou as novas oportunidades de negócios, perspectivas e principais desafios do mercado.

O webinar “Oportunidades e Perspectivas para a Cadeia do Plástico” da BASF contou com a presença de Ciro Marino, presidente-executivo da ABIQUIM (Associação Brasileira da Indústria Química), o presidente da ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), José Ricardo Roriz Coelho e o vice-presidente sênior da BASF na América do Sul, Antonio Lacerda.

Quase todos os segmentos da economia utilizam aplicações produzidas pela cadeia do plástico e o setor vem recebendo mais demandas da sociedade e diversas regulamentações. O encontro, mediado por Tatiana Kalman, vice-presidente de Químicos de Performance para as Américas, trouxe informações sobre as novas oportunidades de negócios, perspectivas e principais desafios do setor.

O lançamento da plataforma de conteúdos para o mercado de Aditivos para Plásticos, traz um novo espaço para contribuir com informações e conhecimento para a cadeia do plástico sobre temas como sustentabilidade, tecnologias, inovações e possibilidades de aplicação nas indústrias de agricultura, automotiva, construção, eletroeletrônicos, embalagens e têxteis.

Durante o bate-papo, Marino apresentou um cenário para o ano, que foi impactado pela pandemia. Segundo o presidente, a indústria química, que produz insumos básicos para os fabricantes de plásticos também foi surpreendida pela pandemia. “Alguns segmentos de plásticos foram muito bem, como polímeros relacionados ao controle da pandemia, como polipropileno, para fabricação de máscaras e aventais, assim como peças, componentes para ventiladores, uma série de produtos que em função da pandemia conseguiram manter a produção e até com certo crescimento em relação ao ano passado”.

Já Roriz resgatou o cenário de chegada da pandemia em que foi preciso implantar os protocolos de segurança para garantir a saúde de 380 mil funcionários que trabalham em 12.500 indústrias do plástico espalhadas pelo Brasil. “Também tivemos que entender como fazer para conseguir atender aqueles mercados que tinham uma necessidade enorme no primeiro momento, principalmente de produtos que não eram fabricados no Brasil”, comentou o presidente.

Houve crescimento dos produtos de uso único, que se mostraram extremamente necessários como apoio aos profissionais de saúde e também para fornecer ao delivery dos restaurantes que tiveram que interromper o atendimento público.

Lacerda apresentou alguns exemplos de economia circular, como o da produção de resina alguídica de garrafas PET para utilização na indústria de tintas. “Na BASF já retiramos mais de 800 milhões de garrafas PET do meio ambiente para produção de resina alquídica que vai na produção de vernizes e esmaltes”, explica. O executivo da BASF também reforçou a importância de informar aos consumidores as diferenças entre plásticos recicláveis, biodegradáveis e compostáveis, além de educar sobre o descarte correto de resíduos.

A importância do consumo consciente, com uso mínimo, além da utilização responsável, com retorno do plástico para os meios produtivos ou reaproveitamento do material também foi reforçada por Roriz. Para Marino, é importante mostrar aos consumidores que o plástico, que teoricamente é descartável, também tem valor.

Os porta-vozes ainda reforçaram a necessidade de uma série de reformas a serem implementadas para que o setor tenha um cenário melhor e reforçaram a importância das questões regulatórias da área de produtos químicos. As diversas possibilidades de uso e as novas tecnologias de uso do plástico também fizeram parte do bate-papo.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo