Super Finishing
Feiras / Eventos

Estreia Da Pollutec Brasil Em São Paulo Se Destaca Como O Melhor Evento De Meio Ambiente Do Ano

Inovações tecnológicas, soluções e conteúdo informativo de alto nível mostraram ao mercado como aumentar a produtividade e contribuir com a gestão dos recursos e a qualidade de vida

Com a presença de 97 empresas do setor de tratamento de água, solo, resíduos, análise e medição de ar, 4 mil compradores dos setores privado e público, 68 palestras e participação de mais de 120 especialistas ao longo da programação de todos seus eventos técnicos, os quatro dias da 1ª edição da Pollutec Brasil no Pavilhão de Exposições do Anhembi foram um grande sucesso.

Entre os dias 12 a 15 de abril, a Pollutec Brasil agregou muito conhecimento técnico ao público, formado principalmente por profissionais com poder de decisão final (15% de sócios-proprietários, 16% de diretores e 14% de gerentes).

“Contamos com a participação dos grandes players nacionais e internacionais que atuam na área de desenvolvimento sustentável”, avalia Paulo Octávio de Almeida, vice-presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora da feira. Empresas líderes do setor como Suez, Estre, Solví, Thermo Fisher, Mizumo, Dow e Pellenc aproveitaram a Pollutec Brasil para lançamento das últimas novidades. A Veolia trouxe para a feira uma Unidade Móvel de Tratamento de Água que despertou o interesse dos visitantes. “Além de funcionar como vitrine das mais novas soluções ambientais disponíveis no mercado, a Pollutec Brasil abrigou eventos emblemáticos como o 6º Encontro Nacional das Águas e a assinatura da Carta das Águas, que vai compor a pauta do Fórum Mundial da Água de Brasília de 2018”, complementa Paulo Octávio.

O fórum Cuidando do Futuro, elaborado em conjunto com a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental — ABES, promoveu 32 palestras gratuitas, entre cases em soluções sustentáveis no setor de monitoramento da qualidade do ar, gestão de resíduos sólidos, geração de biogás, geração de energia com fontes renováveis, remediação de áreas contaminadas, dessalinização e reuso de agua e análises dos panoramas de hoje e de amanhã dos serviços ambientais. “Demos nossa contribuição para que o saneamento seja visto para além da questão do binômio água e esgoto. O assunto exige uma visão sistêmica para que o Brasil obtenha mais avanços em pontos como a sustentabilidade em seu sentido mais amplo, economia verde e aproveitamento energético”, disse Dante Pauli, presidente da ABES.

Por meio de parceria com o Abcon/Sindcon — Associação e Sindicato das Empresas Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto, o público da Pollutec Brasil teve acesso às palestras do 6º Encontro Nacional das Águas, o ENA, que reuniu em dois dias (12 e 13 de Abril) as principais lideranças do saneamento básico (tanto do setor privado quanto público) no Hotel Holiday Inn Parque Anhembi, dentro do Pavilhão. Cerca de 500 profissionais circularam no ENA, que abriu os debates com uma mesa mediada pelo jornalista William Waack. Posteriormente, no terceiro dia de Pollutec Brasil, foi realizada uma Visita Técnica com a presença de 40 profissionais ao Aquapolo, o maior empreendimento de água de reuso industrial da América Latina, fruto de parceria entre Sabesp e Odebrecht e localizado em São Caetano do Sul.

Como não poderia deixar de ser, a feira propiciou intercâmbio tecnológico e oportunidades de negócios às empresas. Em seu estande, a CNI – Confederação Nacional da Indústria promoveu Encontros Internacionais de Negócios: foram realizadas 30 rodadas de negócio durante dois dias, das quais participaram 40 empresas de cinco países diferentes. Ademais, dois dos maiores órgãos de fomento a projetos de infraestrutura do Brasil — o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) — se colocaram à disposição do público para divulgar suas linhas de crédito.

Outro diferencial da Pollutec Brasil foi que a feira reuniu as principais entidades do setor ambiental, entre elas CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), FIESP — Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (por meio de seu departamento de meio ambiente), ABES, Abcon/Sindcon, Abetre (Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos), Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), Abesco (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia), Abrecon (Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição), Abal (Associação Brasileira do Alumínio), Abividro (Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro) e Instituto Trata Brasil.

A Pollutec Brasil aconteceu simultaneamente à feira referência do mercado da arquitetura e construção civil, a Feicon Batimat. Como resultado da sinergia entre expositores e conferências das duas feiras, o público saiu ganhando com um ambiente de negócios inovador tanto para o setor de meio ambiente quanto para o de construção.

No mundo, a Pollutec é a feira histórica da inovação ambiental, pois há mais de 40 anos apresenta ao mercado internacional as evoluções do setor. Com edições anuais na França — em Lyon e Paris —, Argélia e Marrocos (estreia na China em outubro de 2016), a feira enfim veio à América Latina. Por aqui, Pollutec Brasil cumpriu a missão de ampliar o repertório de soluções ambientais que podem contribuir para a competitividade com sustentabilidade das empresas brasileiras e uma melhor gestão dos serviços públicos, promovendo também a cooperação internacional e geração de negócios.

Empresas oriundas de 12 países (França, Holanda, Bélgica, Áustria, Reino Unido, Portugal, Alemanha, Austrália, China, Suécia, Estados Unidos e Itália) apresentaram através de estandes individuais e pavilhões nacionais a suas expertises e inovações tecnológicas representando mais de 35% da oferta da feira. Algumas delas vieram ao Brasil pela primeira vez acreditando no grande potencial do mercado, na marca Pollutec de grande renome fora do país e na organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

“A Pollutec Brasil foi uma iniciativa pioneira e inédita, no sentido de que ela propiciou uma visão multissetorial dos desafios ambientais do país em todas as dimensões do desenvolvimento sustentável”, pontua Yves Besse, conselheiro da Pollutec Brasil. “Os produtos e serviços oferecidos na feira mostram que o setor ambiental, além de ser um dos mais inovadores, é dos únicos que podem gerar negócios promissores neste momento crítico”, afirma. “O sucesso da Pollutec Brasil confirma a vocação da Reed Exhibitions Alcantara Machado para investir em segmentos que fazem a diferença para o planeta.”

Mais Informações com

Leila Reis (leila@rlcpress.com.br) — +11 9.9170.4876

Caio Martins (caio@rlcpress.com.br) — +11 9.8843.1397

Priscila Lopes (priscila@rlcpress.com.br) — +11 9.8174.7073

RLC Comunicação e Ideias

+11 3673.4452

www.rlcpress.com.br

Tag

Artigos relacionados