Bulher
EmbalagemNotíciasSustentabilidade

Empresas lançam ‘Guia de Design de Embalagem para Reciclagem’

A fim de promover a embalagem reciclável, ECR Community e WPO disponibilizam guia aos fabricantes

ECR Community, a Organização Mundial de Embalagem (WPO) e a Universidade de Ciências Aplicadas em FH Campus Wien se uniram para lançar um guia para varejistas e fabricantes sobre como projetar embalagens recicláveis ​​eficazes que incentivem a transição para uma economia circular. 

O design para reciclagem faz parte do design circular do produto e representa uma base importante para uma avaliação holística da sustentabilidade. A circularidade significa que a embalagem é concebida de forma a permitir a maior reciclagem possível dos materiais em uso. Os objetivos são a conservação de recursos, a vida útil mais longa possível, a reciclagem de material idêntico (reciclagem de ciclo fechado) ou o uso de materiais renováveis. 

Para poder aplicar o design de embalagens recicláveis, é necessário um certo conhecimento fundamental dos processos de triagem e reciclagem. Portanto, a embalagem deve ser adequada para processos de triagem e reciclagem de última geração, além de suas funções básicas (por exemplo, armazenamento, transporte, proteção do produto, apresentação e conveniência do produto).

O ‘Guia de Design de Embalagem para Reciclagem’ é um ponto de partida para entender exemplos de Melhores Práticas usando tecnologia de ponta que pode então, ser aplicada e adaptada para se adequar aos recursos de recuperação e reciclabilidade e infraestrutura em nível regional e local. O guia pode ser aplicado a produtos dos segmentos Alimentar, Quase Alimentar e Não Alimentar e é aplicável a todas as embalagens primárias, secundárias e terciárias; desde que sejam observados os regulamentos específicos do produto do sistema de embalagem.

De acordo com Declan Carolan, Co-Presidente, Comunidade ECR “Estamos muito satisfeitos em apoiar a publicação dessas recomendações globais para design de embalagens circulares para reciclagem. Este guia tem como objetivo promover o desenvolvimento de conhecimento no setor de varejo e Grupo de Produtos de Consumo (CPG) à medida que as empresas fazem a transição para novos designs de embalagens que ajudam a minimizar seu impacto ambiental, ao mesmo tempo que garantem que a embalagem permaneça adequada à finalidade e com boa aparência. Reconhecemos os desafios e as oportunidades que a transição para uma economia circular trará e entendemos que a embalagem circular e os sistemas de reciclagem de apoio são uma etapa crucial neste processo.”

Carolan complete que à medida que varejistas e fabricantes começam a se comprometer publicamente com a redução significativa de suas embalagens plásticas nos próximos anos, essas recomendações devem ajudar a orientar a conversa. “O uso de um sistema de semáforos simples com codificação por cores facilita a leitura e o entendimento para todos os executivos seniores. Conseguir a adesão de toda a empresa e de sua cadeia de suprimentos é essencial ao fazer essas mudanças.”

Em outro lugar, Nerida Kelton, vice-presidente de sustentabilidade e economia de alimentos, WPO, disse que o recurso é um valioso “primeiro passo” no fornecimento de uma abordagem global consistente para o pensamento de design circular para materiais e embalagens. “O próximo passo é encorajar nossos 53 países membros a não apenas usar o guia, mas também trabalhar com o WPO para desenvolver versões mais localizadas que se adaptem a seus países e regiões.”

A diretriz será continuamente atualizada e adaptada às mudanças na tecnologia de coleta, classificação e reciclagem, bem como aos desenvolvimentos futuros de materiais.

‘Guia de Design de Embalagem para Reciclagem: Uma Recomendação Global de Design de Embalagem Circular’ está agora disponível no site da WPO através do link: https: //www.worldpackaging. org / resources / 41 / 

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo