Super Finishing
Destaque

Empresários Gelson de Oliveira e Jobem Donada são os homenageados pelo Simplás com o Mérito Plástico Pietro Zanella 2016

Solenidade sexta-feira (2), às 20h, na CIC de Caxias do Sul (RS), também marca posse oficial da nova gestão de Jaime Lorandi

Das empresas Natiplast e Dompel, nascidas e criadas no polo de transformação de material plástico da Serra Gaúcha, que apresenta uma das maiores concentrações de indústrias do setor no Brasil, saem os agraciados com o Mérito Plástico Pietro Zanella 2016. Gelson de Oliveira e Jobem Donada, respectivamente, recebem nesta sexta-feira (2), a partir das 20h, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul (RS), a maior honraria conferida pelo Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás). A ocasião também marcará a solenidade de posse de Jaime Lorandi, reeleito para presidir a entidade no triênio 2016-2019.

“São duas referências da capacidade de empreendimento e gestão de negócios da Serra Gaúcha para o país inteiro. O Gelson (Natiplast), além de fornecedor reconhecido e procurado por clientes dos mais diversos segmentos de mercado para as mais complexas tarefas, é o nosso porto seguro do conhecimento técnico. Um colega que domina o processo transformador como poucos e assim, ilumina o caminho para todos. E o Jobem (Dompel) é o responsável pelo desenvolvimento e expansão de uma linha de produtos que chega do Rio Grande do Sul a Roraima, com um tremendo sucesso de público. Quando a marca dele chega em qualquer lugar do Brasil, leva junto um pouco da identidade de toda região”, afirma Lorandi.

Gelson de Oliveira, 63 anos, natural de Timbé do Sul (SC), começa agora a segunda gestão como primeiro vice-presidente do Simplás. Também é diretor da JR Oliveira, empresa especializada em moldes e matrizes. À frente da Natiplast, que completa 15 anos em setembro, injeta peças e produtos para os segmentos de automação industrial, higiene e limpeza, saúde e construção civil. Um dos destaques no catálogo é o conjunto de partes para esteiras de automação industrial com injeção bicomponente (plástico e borracha). Entre as duas empresas, são gerados aproximadamente 85 postos de trabalho. Para o atendimento de alguns clientes, a fábrica chega a ocupar três turnos de atividade. Os principais investimentos concentram-se em softwares e mão de obra altamente especializada.

“Empresas que se capacitam, que aceitam desafios, que têm tecnologia e buscam qualificação, sempre têm serviço. Não param nunca”, comenta Oliveira.

Jobem Donada, 58 anos, natural de Barra do Ouro, atualmente distrito de Maquiné (RS), torna-se este ano segundo vice-presidente do Simplás. Da fundação da empresa, em 1980, mantém ainda hoje preservado o primeiro torno, transportado para a nova planta, com 13 mil m2 de área construída, em 28 mil m2 de terreno. O grande salto nos negócios ocorreu em 2001, com a investida no mercado de móveis para salões de beleza – inicialmente, com os carrinhos de esmaltes e equipamentos para manicure e, a seguir, lavatórios de cabelo. Hoje, acrescentando-se a marca de acessórios Altez, o grupo comercializa cerca de 350 mil itens por ano. No segmento de móveis plásticos para salões de beleza, a Dompel é líder nacional.

“É muito difícil entrar num salão de beleza no Brasil, hoje, e não encontrar um produto nosso. Mil quilômetros para lá de Manaus, que é Boa Vista, chegamos de barco…”, observa Donada.

Fotos: Neli Alvanoz

Sobre o Mérito Plástico Pietro Zanella

Instituído em 2002, o Mérito Plástico Pietro Zanella rende homenagem ao italiano naturalizado brasileiro que foi pioneiro da indústria de transformação de plástico no Rio Grande do Sul. Zanella fundou sua primeira empresa do gênero em Caxias do Sul, em 1949, aos 28 anos.

A honraria criada pelo Simplás tem o objetivo de agraciar pessoas físicas e/ou jurídicas que tenham se destacado em ações que visem o desenvolvimento da indústria do plástico, a promoção dos valores humanos ligados a suas atividades e a preservação do meio ambiente. A outorga é feita em regime bienal e chega em 2016 à 10a edição.

 

Sobre o Simplás

O Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) representa mais de 500 empresas de transformação que geram acima de 13 mil empregos diretos em oito municípios (Caxias do Sul, Coronel Pilar, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Nova Pádua, São Marcos e Vale Real), com estimativa de faturamento anual superior a R$ 4 bilhões. Em um raio de 50 quilômetros, a área de abrangência do Simplás apresenta a maior concentração de indústrias de transformação de plástico do Brasil.

 

 

Artigos relacionados