mc components muck maq
DestaqueNotíciasPlástico

Empresa desenvolve analisador de umidade no mercado nacional

A Toledo do Brasil desenvolveu equipamento que atinge temperatura de até 250 graus Celsius e reduz o tempo de análise em até 90%

O agronegócio representa um importante aliado do PIB Nacional.  O Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), previu uma safra recorde de grãos 2019/2020, com reflexos positivos em toda a cadeia produtiva. Entretanto, a umidade presente nos grãos é um elemento com impacto negativo nas transações comerciais. Com a automação fazendo parte do cenário industrial, cada vez mais o analisador de umidade está presente no agronegócio, trazendo qualidades.

No caso dos grãos, o analisador de umidade consegue definir o peso inicial da amostra, graças ao seu elemento aquecedor, que faz com que tudo que é volátil evapore, havendo uma redução de valor e um peso final correto, uma vez que é extraído o percentual de umidade. Por exemplo se o peso inicial era de 10g e o peso final de 7g, significa que 3g evaporaram, ou seja, 30% do peso inicial desta amostra era umidade.

A Toledo do Brasil, desenvolveu um analisador de umidade sem concorrência no mercado nacional, cuja temperatura é capaz de atingir 250 graus Celsius. Devido ao seu elemento aquecedor especialmente projetado, o aparelho consegue distribuir o calor uniformemente apresentando resultados consistentes e repetitivos. Outro diferencial, entre os oito modelos fabricados (quatro com lâmpada halógena e quatro com lâmpada infravermelho), figura um com capacidade de 210g, o maior do mercado para amostras que não podem ser separadas, trituradas. A tecnologia dos equipamentos de ponta utiliza como elementos aquecedores lâmpadas halógenas, que, em alguns modelos, podem atingir até 200ºC em poucos segundos.

O analisador de umidade se distingue por ser o único no mercado nacional com três casas decimais de precisão e memória para 100 secagens diferentes, facilitando o trabalho dos usuários que não precisam perder tempo com novas programações. Possui o método de desligamento por diferença de massa x tempo que monitora a análise e determina o final automaticamente; desta forma, o operador fica livre para realizar outras tarefas aumentando a produtividade. Também o tempo de análise é muito menor, atingindo, em alguns casos, redução de até 90%, se comparado ao método antigo que emprega uma balança de precisão e uma estufa.

Na indústria alimentícia, por exemplo, ele é usado para prevenir a formação de mofo, manter a integridade do produto para cálculo do prazo de validade e várias outras aplicações. O analisador de umidade permite determinar com muita precisão o percentual de umidade de determinada amostra, sendo possível abater este valor na hora da comercialização.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Tag

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar