Bulher
Notícias

Empresa apresenta projetos e inovações para todo o ciclo de vida de embalagens

A BASF apresenta visão de especialistas em projetos para o ciclo de vida de embalagens, incluindo opções de reciclagem

Durante a Interpack 2021, feira mundial de embalagens realizada na Alemanha, que aconteceu de forma online, devido ao novo coronavírus, a BASF apresentou uma contribuição alternativa da empresa para a vida de embalagens.

Dentro de seu programa de economia circular, a BASF estabeleceu o objetivo de processar anualmente, a partir de 2025, um total de 250 mil toneladas de matérias-primas recicladas e à base de resíduos em vez de matérias-primas fósseis.

Além disso, a companhia está construindo a pegada de CO2 de todos os produtos de venda e pretende concluir este processo até ao final de 2021. Para as embalagens de papel e papelão, as tintas à base de água são utilizadas há muito tempo e são aceitas como uma solução mais segura e sustentável.

Juntamente com os parceiros da rede Prethink INK, a BASF está trabalhando para mostrar que essa tecnologia também é viável na impressão em filme para as aplicações das embalagens flexíveis.

Atualmente, diversos protocolos de reciclagem não classificam poliamidas em filmes multicamadas como recicláveis. A BASF apresenta as últimas conclusões sobre a reciclagem mecânica de poliamidas em filmes multicamadas a partir de experiências recentes. Tanto a poliamida 6, como várias outras copoliamidas foram estudadas e avaliadas a este respeito.

A BASF introduz os tipos de extrusão de poliamida 6, nesta família de produtos, é possível determinar a pegada de CO2 e reduzi-la usando diversas opções. 

Já está disponível a linha Ultramid CcycledTM, que oferece diversas grades fabricados a partir de resíduos reciclados do processo de produção, em diferentes etapas, tanto derivados da produção de poliamidas na BASF, como também opções que incorporam materiais classificados como post-consumer, reforçando o conceito de circularidade. 

Assim, a BASF também pode oferecer aos seus clientes materiais com um balanço de massa de materiais reciclados. A empresa também oferece o Ultramid BMBcert, um método de balanço de biomassa (BMB), certificado pela REDcert, que ajuda a conservar as matérias-primas fósseis.

Por meio destas propriedades mecânicas intrínsecas e excepcionais, o Ultradur permite embalagens fabricadas com um único material, não sendo necessário mais revestimentos.

Ao conectar e ramificar as cadeias de polímeros por meio de aditivos especiais, é possível obter uma elevada resistência do polímero fundido. O material é adequado para extrusão de filmes e termoformagem de embalagens ou peças técnicas, bem como outras aplicações de alta temperatura.

O Ultradur B1520 FC R1 é um PBT de alta fluidez especialmente desenvolvido para embalagens de parede fina moldadas por injeção para cosméticos e produtos alimentícios. É o produto escolhido para embalagens aromáticas e de uma única camada.

É possível assim, eliminar embalagens secundárias em função das propriedades de barreira a umidade e oxigênio proporcionadas pelo novo material. As embalagens também podem ser mais finas, o que constitui um pré-requisito para a produção econômica e ecológica.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdos de qualidade do mercado plástico.

[dinamize-form id=”13211″]

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo