mc components muck maq
COVID-19EmbalagemEmpresaNotíciasPlásticoSustentabilidade

Embalagens plásticas enfrentam desafios de sustentabilidade

A CHINAPLAS reforça a importância das embalagens plásticas para o combate do novo coronavírus

O coronavírus ajudou a ressaltar a importância das embalagens plásticas para evitar a disseminação do vírus e também acelerou o comércio eletrônico. Na América do Norte, o número de pedidos on-line para varejistas aumentou em 52%, no período de 22 de março a 4 de abril, de acordo com a plataforma Emarsys. Na região da Ásia-Pacífico, durante o mesmo período, as transações para varejistas web cresceram 23%.

Uma pesquisa de consumo com a Statista Inc., com sede em Nova York, totalizou as vendas on-line de bens físicos nos EUA de US$ 365,2 bilhões em 2019, e os projetos tendem a subir para US$ 600 bilhões em 2024.

O Departamento de Correios do Estado da China informou que o comércio eletrônico entregou 1,88 bilhão de pacotes em 2019, aumentando 26%. O volume de material de embalagem usado pelos setores de comércio eletrônico da China atingiu 9,4 milhões de toneladas no ano passado, e está a caminho de quadruplicar para 41,3 milhões de toneladas até 2025, segundo o Greenpeace.

A sustentabilidade é importante, e o comércio eletrônico em expansão oferece um crescimento de vendas para os setores de embalagens. O CEO da Dow Inc., Jim Fitterling menciona a conferência virtual ANTEC 2020 de 31 de março. “A crise do COVID-19 vai acabar, mas o ar que respiramos, nossa água e a terra em que vivemos vão estar aqui para sempre e não podemos perder o ímpeto de proteger o meio ambiente e manter uma economia mais circular”.

Os líderes da União Europeia estão preocupados com o fato que a crise econômica causada pelo novo coronavírus diminua o foco da sustentabilidade. Estas condições oferecem desafios e oportunidades para os proprietários de marcas, empresas de bens de consumo de embalagens. As empresas estão explorando estratégias, incluindo o aumento da reciclagem de plásticos, embalagens reutilizáveis.

Tecnologias sustentáveis como o da Mondi Group criou uma bolsa de polietileno. A AeroFlexx, desenvolvida pela Procter & Gamble Co., permite embalagens líquidas em uma embalagem flexível, que utiliza metade do plástico necessário para moldar por sopro uma garrafa tradicional. A plataforma Loop utiliza seu sistema para enviar produtos alimentares e de limpeza em um contêiner reutilizável.

Diversas empresas estão investindo em iniciativas e tecnologias para promover a reciclagem mecânica e química para desenvolver materiais compostáveis.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Tag

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo