Bulher
NotíciasPlástico

Economia circular: projeto cria plástico sustentável

O Better Plastics conta com apoio de universidades e dirigentes do setor do plástico, recebendo um investimento de aproximadamente 6 milhões de euros

O Better Plastics, projeto de sustentabilidade e economia circular do plástico, foi apresentado na Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, em Lisboa.

O projeto tem como objetivo a economia circular e a neutralização de carbono. Contando com 52 entidades, de onde sairão 17 produtos, 15 materiais e cinco sistemas tecnológicos para o setor do plástico.

Leia mais:

A princípio, será investido cerca de 6 milhões de euros no projeto, que tem a coordenação da Universidade do Minho.

Modesto Araújo, líder do consórcio afirma que o projeto assegura a sustentabilidade da nova cadeia de valor do setor do plástico em Portugal.

Araújo explica: “O objetivo é impulsionar o desenvolvimento de novos materiais, produtos, processos tecnológicos e serviços”.

Segundo ele, isso será feito por meio de uma estratégia de investigação, desenvolvimento e inovação, assegurando a economia circular do plástico.

Sobretudo, essas ações pretendem aumentar o potencial de reciclagem e apostar em matéria-prima alternativa.

Dessa forma, associando novos modelos de negócios e de design de produto.

O líder do consórcio destaca: “O setor do plástico no futuro deverá ser sustentável, integrado, transparente, eficiente no uso dos recursos e centrado no consumidor”.

Economia circular do plástico

A criação do Better Plastics  

Inicialmente, o Better Plastics nasceu de um desafio da associação da indústria do plástico em Portugal, a fim de mobilizar o setor privado.

Além de buscar mobilização das universidades e dos cidadãos sobre os objetivos da economia circular do plástico europeia.

Conforme, parte do investimento do projeto é cofinanciado pelo COMPETE 2020, Portugal 2020 e União Europeia.

Isso graças ao Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Para Bruno Pereira da Silva, coordenador científico do Better Plastics, este projeto constitui um verdadeiro ecossistema de inovação.

No geral, entre as centenas de participantes na apresentação pública do Better Plastics estiveram decisores políticos.

Bem como, decisores industriais, de gestão e valorização dos resíduos, de ONG’s, de confederação, de associações setoriais.

Assim como, decisores da academia e de outros órgãos públicos.

Contudo, os participantes destacaram as agendas mobilizadoras para apoiar a inovação colaborativa para criar produtos, processos e serviços de elevação do valor para economia circular.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Botão Voltar ao topo