mc components muck maq
Feiras / EventosNotícias

Debate “Plástico e Políticas Públicas” aborda a Economia Circular em webinar online

Sinplast-RS, Simplás e Simplavi reuniram entidades, parlamentares e interessados no setor

O Sinplast-RS, em parceria com Simplás e Simplavi, promoveu o webinar com representantes da ABIPLAST, Plastivida e Braskem a fim de dialogar sobre o tema: “Plástico e políticas públicas: alternativas e soluções”. O encontro ocorreu junto a parlamentares estaduais, suas assessorias e demais interessados no setor, reunindo cerca de 50 participantes simultâneos.

Soluções para reciclagem, educação ambiental e descarte correto integraram o bate-papo. O presidente do Sinplast-RS, Gerson Haas, iniciou o evento com uma fala sobre o tema principal. “Que possamos trabalhar na educação ambiental para a separação e o destino correto do plástico, a fim de que vire material novamente, reaproveitando e gerando um novo produto e fechando assim a economia circular”, ressaltou.

O presidente do Simplás, Gelson de Oliveira, também deu seu parecer ao começar o debate: “Falta educação, faltam políticas públicas e todas as entidades juntas com a responsabilidade de um projeto onde possamos reutilizar corretamente e não vilanizarmos o plástico”.

Daniel Fleischer e Vick Martinez, representando as Relações Institucionais da Braskem, foram os primeiros debatedores, abordando, principalmente a Indústria Brasileira, da petroquímica à reciclagem. Para Fleischer, a responsabilidade de cada um também deve ser medida, principalmente quando falamos sobre o assunto. “Se os plásticos estão nos lugares errados é porque PESSOAS descartaram os resíduos de forma errada. O plástico pode ser tudo, menos lixo”, destaca.

A coordenadora de projetos setoriais da Abiplast, Paula Pariz de Oliveira seguiu a discussão na mesma linha, tocando em pontos como o banimento, as restrições, o panorama geral do setor e uma linha do tempo dos materiais. “Quando falamos de Projetos de Lei, falamos geralmente sobre descartáveis. Mas, na produção total de resíduos, somente 2,5% são materiais de uso único”.


A Plastivida finalizou a programação do evento com uma fala ministrada por seu Presidente, Miguel Bahiense, que abordou, de forma geral, a realidade da reciclagem no Brasil. “Se nós não entendermos que não podemos desperdiçar, que não devemos consumir em excesso e que temos que destinar de forma adequada, não teremos solução para o lixo, e não importa se for plástico, papel ou alumínio”.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Banner Vaga Time de Inovadores 2021
close-link
close-link