Bulher
COVID-19EconomiaNotíciasPlástico

[COVID-19]: Entidade catarinense se planeja para auxílio a mercado local

Governo estadual busca atuações para minimizar os efeitos do coronavírus

A FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), com objetivo de minimizar os efeitos do COVID-19, lançou um portal que divulga campanha organizadas. As instituições podem cadastrar gratuitamente campanhas de arrecadações no uso contra o combate do novo coronavírus.

Em Joinville, o comércio abriu na última segunda-feira (13), porém escolas, transporte público, igrejas ainda permanecem fechadas. Já em São Paulo, a prefeitura recomendou mudanças no horário de funcionamento dos serviços que operam durante a quarentena. Com o objetivo de evitar aglomerações, as atividades industriais, comerciais e de serviços devem operar e/ou façam trocas de turnos antes das 6h00 ou após as 11h00.

As secretarias estaduais de saúde contabilizam até o momento, 25.758 infectados em todos os estados brasileiros. A moeda norte-americana está sendo negociada a R$5,25 nesta quarta-feira.

O presidente da Termotécnica, Albano Schmidt afirma que devido ao COVID-19, os cenários mudaram totalmente e ficaram diferentes do que era planejado para 2020. “Vivemos uma nova realidade e precisamos nos adaptar, por isso, estamos nos ajustando constantemente para atender nossos clientes. As medidas estão sendo tomadas dia após dia, para preservar a saúde dos nossos colaboradores. A contenção da pandemia trouxe prejuízos para a economia e sofreremos impactos nos próximos meses. As indústrias no geral terão que reavaliar o planejamento do ano e buscar alternativas para minimizar os efeitos de uma possível retração”, destaca.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link