Bulher
COVID-19EconomiaEmpresaNotíciasPlástico

[COVID-19]: Associação aponta impactos para o mercado industrial

A ABIMAQ em uma pesquisa mostra os impactos que o novo coronavírus trouxe para o país e para os setores industriais

Entre os dias 30 de março e 3 de abril, junto aos seus associados, a ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) realizou a pesquisa “Impacto da pandemia da COVID-19”, trazendo como seus principais resultados, adiamento ou cancelamento de investimentos, interrompendo parte da cadeia de suprimento e restringindo transporte de mercadorias.

José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ explica que o objetivo da pesquisa foi consolidar informações, que possibilitem a entidade entender como a crise vem influenciando no desempenho do setor. “A ideia central foi fornecer às indústrias e agentes públicos informações relevantes para o desenvolvimento de ações que possam reduzir os danos causados pelo novo coronavírus”, explicou.

Velloso destaca que o aspecto mais preocupante é com relação á manutenção dos empregos. “Esses números só vão agravar a situação de desemprego no país. A pesquisa revelou que 21,4% das empresas pesquisadas, demitiram cerca de 16,4% da mão de obra, gerando uma redução de 11.000 postos de trabalho, queda de 3% no nível de emprego da indústria de máquinas e equipamentos, ainda em março. Ninguém pode dizer exatamente o número de demissões, mas estimamos que pode chegar a 15% do nível de emprego da nossa indústria”, finaliza.

As empresas indicam queda forte de faturamento, podendo passar de 50% nos próximos dois meses.  A ABIMAQ vem mantendo negociações com cerca de 80 sindicatos de trabalhadores em todo o país, para ajudar na redução de jornada e salários, medidas previstas na MP 936.

Mais de 70% do universo pesquisado é constituído por empresas exportadores, e 54,2% registraram queda das exportações. E ainda foi analisado uma queda de 53% nas importações de insumos.

95,1% das empresas participantes da pesquisa, responderam que para contribuição para a manutenção das atividades produtivas de máquinas e equipamentos, a postergação dos impostos faria um papel importante, e 82,2%, informaram que o refinanciamento das dívidas deveria ser autorizado.

A pesquisa, por outro lado, identificou que 79% das empresas fabricantes de máquinas e equipamentos pretendem fazer uso de capital de giro adquirido no mercado bancário para cumprir suas obrigações com folha de salários, pagamento de fornecedores, impostos, parcelas de financiamentos assumidos e outras despesas fixas.

Velloso afirma que para contornar o aumento dos riscos que o setor financeiro se recusa a assumir, o Governo precisa atuar oferecendo garantias. “Implementar medidas, como a suspensão da exigência de CND, direcionar o depósito compulsório liberado, exclusivamente aos bancos compromissados em conceder o crédito, medidas que conduzam o crédito a quem necessita”.

O dólar bateu um novo recorde e chegou a R$5,46 nesta quinta-feira (23). As secretarias de Saúde contabilizam 46.348 infectados em todos os estados brasileiros.

Para Luís Simione, diretor geral da Yaskawa Elétrico do Brasil, devido a gravidade da atual conjuntura, o mercado tem buscado da melhor forma possível se adequar, e atender seu mercado, sem deixar de lado a saúde dos colaboradores. “Adotamos desde março o sistema de gome office para a maioria dos nossos colaboradores. Nossa operação tem funcionado num ritmo muito menor do que o normal, o que se reflete no faturamento esperado para as próximas semanas, também muito abaixo do normal. Tememos pelo impacto na saúde da população, mas também na economia como um todo. Prevemos uma queda significativa no faturamento do segundo trimestre de 2020. Ainda temos apenas o segundo trimestre como impactado”, finaliza.

Esta nota diária é uma ação do Portal Plástico Virtual em parceria  com as revistas Embanews e Ferramental, e a Feira Interplast. Nos unimos para vencermos juntos a atual situação, além de mantermos você atualizado com as principais informações a respeito do atual momento momento em que vivemos.
Para saber mais sobre o Projeto: Juntos para vencer a pandemia, assista ao vídeo.

Preencha o nosso formulário para receber mais novidades e conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link
close-link