Banner Diamante Plástico 10 anos
EconomiaIndústriaNotícias

Confiança industrial demonstra alta moderada em maio

A confiança do empresário industrial mostrou um pequeno avanço em relação ao mês de abril, apesar do aumento, não reverte a queda de 1,3 ponto de abril. O gerente de análise econômica da CNI avalia as mudanças de confiança

Confiança industrial demonstra alta moderada em maio

Durante a transição de abril para maio, os empresários industriais mostraram um pouco mais de confiança, assim, indo de 51,5 pontos para 52,2 pontos, de acordo com o ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial). No entanto, mesmo com o aumento, a queda observada em abril não foi revertida. 

Na imagem aparecem dois homens representando a alteração da confiança do empresário industrial

Conforme afirma a CNI (Confederação Nacional da Indústria), a indústria mostra-se confiança porque permanece acima da linha divisória de 50 pontos. Levando em conta uma escala de 0 a 100, onde valores acima de 50 pontos denotam confiança do empresário, enquanto abaixo disso indicam falta de confiança.

Leia mais:

A alta moderada da confiança se deve também pelas variações moderadas dos demais índices que compõem o ICEI, ou seja, tanto o Índice de Condições atuais, quanto o Índice de Expectativas. 

O Índice de Condições atuais, por sua vez, permanece abaixo da linha divisória de 50 pontos, com 47,0 pontos, apesar do aumento de 1,3 ponto. Este índice, conforme aponta o Gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, demonstra uma percepção dos empresários quanto à piora de condições atuais de seus negócios, e uma piora da economia brasileira. 

Porém, essa percepção se mostrou menos intensa na passagem do mês. 

Enquanto isso, o Índice de Expectativas aumentou de 57,5 pontos para 57,9 pontos, apontando para expectativas positivas em relação à economia brasileira e às empresas nos próximos seis meses.

Explicação sobre o ICEI e Confiança

Diante disso, Azevedo explica: “A visão dos empresários sobre o cenário atual é o que puxa o indicador para baixo. Quando olhamos as expectativas para os próximos meses, o número segue acima da linha de corte e mostra otimismo”. 

Para esses resultados, o ICEI consulta empresários do setor para antecipar o desempenho e identificar as mudanças de tendência na produção industrial. Nesse sentido, a CNI realizou entrevistas com 1.341 empresários de diversos portes em todo o território nacional.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo