Bulher
Notícias

Associação inicia pesquisa sobre transformação digital e a inovação de modelos de negócios

A pesquisa da ABIMAQ tem o objetivo de identificar os avanços tecnológicos e novas oportunidades de negócio que surgem com a transformação digital

A ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), por meio do NAGI (Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação), realiza pesquisa ‘Transformação Digital e Inovação de Modelo de Negócio da Indústria de Máquinas e Equipamentos’.
O mapeamento da pesquisa é feito em parceria com a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) por meio do NEO (Núcleo de Engenharia Organizacional) e terá apoio da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). 
 João Alfredo Delgado, diretor de Tecnologia da ABIMAQ, afirma que a entidade vem nos últimos anos coordenando um trabalho de soluções da indústria 4.0 e na gestão da inovação. “Uma das ações foi o mapeamento das tecnologias da indústria 4.0 de 2018 com NEO da UFRGS. Este ano estamos repetindo o estudo, mas de forma mais ambiciosa, pois poderemos fazer um comparativo com a pesquisa anterior para ver como evoluímos nesses últimos anos, principalmente para conhecer o atual estágio e o impacto na indústria cujo período da pandemia acelerou o processo da transformação digital”.
O professor adjunto na UFRGS e diretor do NEO, Alejandro Germán Frank, ressalta que o objetivo da pesquisa atual é dar mais ênfase na parte de negócios da transformação digital olhando o viés da indústria 4.0 de forma mais ampla. “O estudo anterior era mais focado na tecnologia 4.0 dentro da fábrica e agora vamos expandir para a área de negócios porque sabemos que é um grande desafio hoje das empresas de como repensar e ampliar as suas atividades dentro desse novo contexto desafiador”.
O escopo do mapeamento será composto por 4 Smarts da Indústria 4.0, explica Néstor Fabián Ayala, professor Coordenador na UFRGS e codiretor do NEO. “Um dos aspectos que vamos olhar são as oportunidades para manufatura avançada. O outro ponto é se as empresas estão aplicando as tecnologias para conectar a sua cadeia de suprimentos seja com fornecedores ou clientes. Já outro enfoque é para saber como as empresas estão utilizando as tecnologias com mix de pessoas com máquinas. E a quarta dimensão é de produtos e serviços inteligentes, ou seja, olhar na perspectiva sociotécnico no sentido de saber se as organizações estão sendo bem-sucedidas na aplicação da indústria 4.0”.
Anita Dedding, gerente de Tecnologia da ABIMAQ, destaca que a estrutura da pesquisa servirá como guia para empresas nortearem suas estratégias. “Os participantes do mapeamento receberão um relatório de benchmarking customizado apresentando sua posição em relação às demais organizações do setor”.

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdos de qualidade do mercado plástico.

[dinamize-form id=”13211″]

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo