Braskem
AutomaçãoEmbalagemNotíciasPlásticoSustentabilidade

Aplicativo auxilia a encontrar catadores para recolher materiais recicláveis

Cataki é o aplicativo que ajuda a encontrar catadores e usuários para recolher resíduos de materiais recicláveis aumentando a reciclagem

O aplicativo Cataki é uma plataforma digital que foi desenvolvida para aproximar geradores e catadores de resíduos, aumentando a reciclagem e a oportunidade de renda para catadores. O aplicativo está disponível de forma gratuita para iOS e Android.

A ferramenta mapeia as áreas de atuação e oferece o contato dos catadores mais próximos da localização do usuário. O serviço apresenta pessoas que recolhem qualquer tipo de material, como lixo, alumínio, metal, baterias, produtos eletrônicos, móveis, entulhos, entre outros.

Juliana Fullmann, coordenadora de Projetos do Cataki explica que hoje o aplicativo conta com um números de downloads que ultrapassa 200 mil catadores, 3 mil catadores conectados no app e pontos de reciclagem cadastrados em mais de 500 cidades do Brasil. “O aplicativo já está sendo testado em Cali, na Colômbia”, destaca.

No Brasil, 83% dos municípios não tem um programa de coleta seletiva. “Os catadores e catadoras são os grandes destaques da reciclagem no Brasil, pois coletam cerca de 90% de tudo é reciclado no país”, afirma Juliana.

Juliana comenta que a versão atual do Cataki veio para criar a conexão entre o gerador de resíduos com os catadores e catadoras. “Como este mercado é muito informal a geração de dados acaba sendo um dos maiores desafios. Na nova versão do aplicativo, será possível rastrear os resíduos do gerador até a indústria, e também ter o volume de material coletado pelos catadores”, explica.

Para Juliana, investir no aplicativo Cataki, é proporcionar a inserção e o desenvolvimento de novos parceiros no Ecossistema do Cataki. “A Nestlé e a Coca-Cola, já enxergam potencial no aplicativo e realizam investimentos em nossas ações. Precisamos aumentar os percentuais de reciclagem no Brasil, precisamos de mais catadores envolvidos, valorizando o serviço desses catadores, que ainda são invisíveis para a maioria das pessoas”, afirma.  

Juliana sustenta que as parcerias do Cataki com grandes empresas, desenvolvem grandes oportunidades para os catadores e oportunidades de renda. “A Coca-Cola investiu no desenvolvimento de uma nova versão do aplicativo e no desenvolvimento de pilotos logísticos para que possamos conhecer e testar novos modelos na cadeia logística de reciclagem do plástico. A Coca-Cola também está apoiando o teste do pagamento do serviço de coleta pelos catadores. Já a Nestle investiu no desenvolvimento do programa de capacitação dos catadores. Estamos desenvolvendo junto ao SEBRAE e outros parceiros estratégicos um programa de capacitação, totalmente desenhado para a realidade dos catadores e com o objetivo de transformá-los em micro empreendedores da reciclagem”, finaliza ela.

Quer saber mais sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para saber mais novidades receber os conteúdos de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Mulheres do Plastico
close-link